Como ver “Jornada nas Estrelas” em ordem cronológica

0
10

Como ver “Jornada nas Estrelas” em ordem cronológica

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Desde que apareceu pela primeira vez na TV americana em 8 de setembro de 1966, Star Trek (também conhecida no Brasil como Jornada nas Estrelas) teve novos episódios e longas-metragens lançados em todas as décadas, sem exceção, até hoje. Neste fim de semana, por exemplo, estreou na Netflix a terceira temporada de Star Trek: Discovery, uma série centrada nas aventuras da nave estelar de mesmo nome, a U.S.S. Discovery, e sua diversificada tripulação. Se você nunca viu Jornada nas Estrelas e quer conhecer os seriados e filmes pela ordem dos eventos, não pelo ano de produção, VEJA preparou uma cronologia que vai lhe proporcionar centenas de horas de diversão. Confira!

  • Enterprise (4 temporadas, 2001-2005, Netflix)

Os primórdios da exploração do espaço profundo depois da invenção da dobra espacial (warp drive), sem a qual viagens interestelares seriam impossíveis.

  • Discovery (2 temporadas, 2017-2019, Netflix)

O primeiro conflito com os klingons, espécie alienígena que se tornaria arqui-inimiga da Federação de Planetas Unidos. A U.S.S. Discovery, honrando seu nome, faz descobertas revolucionárias em transporte, inteligência artificial, viagem no tempo e para outra dimensão.

  • Star Trek (3 temporadas, 1966-1969, Netflix)

Chamada hoje de Série Original ou Série Clássica, é o ponto de partida da grande jornada. Se você não esteve incomunicável em uma caverna nos últimos 54 anos, já ouviu falar do Capitão Kirk, do sr. Spock e da U.S.S. Enterprise.

  • The Animated Series (2 temporadas, 1973-1974, Netflix)

Se você não curte desenhos animados, pode pular esta, mas, se decidir ficar, ela tem curiosidades interessantes a oferecer sobre a infância de Spock. Os personagens são dublados pelos atores da Série Original.

  • Jornada nas Estrelas: O Filme + 5 longas-metragens (6 filmes, 1979-1991, Amazon Prime)

Star Trek estreia no cinema, a U.S.S. Enterprise é remodelada e a tripulação envelhece com ela. O melhor dos seis filmes é A Ira de Khan, uma história de sacrifício e vingança que tem raízes em Moby Dick.

  • A Nova Geração (7 temporadas, 1987-1994, Netflix)

Cerca de 100 anos depois do que foi narrado na Série Original, uma nova tripulação, a bordo da U.S.S. Enterprise-D, faz história de novo, apresentando personagens fascinantes como Data e o Capitão Picard, que rivaliza em popularidade com Kirk.

  • Deep Space Nine (7 temporadas, 1993-1999, Netflix)

Você pode engatar em DS9 a partir da sexta temporada de A Nova Geração. Primeira série de Jornada nas Estrelas que se passa dentro de uma estação espacial. É uma ficção científica com um saboroso toque de faroeste no estilo Forte Apache.

Continua após a publicidade
  • Voyager (7 temporadas, 1995-2001, Netflix)

Esta também corre mais ou menos paralelamente aos eventos de A Nova Geração e DS9. Sugerimos entrar nela a partir da terceira temporada de Deep Space Nine. A nave estelar U.S.S. Voyager é lançada para uma outra região da galáxia, onde sua tripulação luta para sobreviver enquanto busca uma forma de retornar à Terra.

  • Generations + 3 longas-metrages: Primeiro Contato, Insurreição e Nêmesis  (4 filmes, 1994-2002, Amazon Prime)

Os filmes de A Nova Geração são contemporâneos às séries DS9 e Voyager. Recomendamos especialmente Generations, que mostra um encontro improvável de Kirk com Picard, e Primeiro Contato, o melhor filme dos quatro, no qual ocorre uma viagem no tempo até 5 de abril 2063, o dia em que a humanidade descobre a dobra espacial e encontra pela primeira vez a raça alienígena mais importante da saga.

  • 10º Star Trek + 2 longas-metrages: Into Darkness e Sem Fronteiras (3 filmes, 2009-2016, Amazon Prime)

Cuidado para não “bugar” agora. Depois de assistir a Nêmesis, entre no filme Star Trek, de 2009, uma aventura com a tripulação original da U.S.S. Enterprise em um universo paralelo. No segundo filme, Into Darkness, o hoje consagrado ator Benedict Cumberbatch (Sherlock, Dr. Estranho) assume o papel do maior vilão da Série Original. Aviso: Sem Fronteiras está fora do catálogo de streaming, mas pode retornar a qualquer momento.

  • 11º Picard (1 temporada, 2020, Amazon Prime)

O único capitão que tem uma série com seu nome. Jean-Luc Picard (interpretado pelo octogenário Patrick Stewart, que também já foi o Professor Xavier dos X-Men) convive com lembranças de agonia e glória do passado, ao mesmo tempo que junta forças para enfrentar conspirações e traições em um mundo que ele não reconhece.

  • 12º Star Trek Discovery (temporada nº 3, 2020, Netflix)

Chegamos! Estreou neste fim de semana. Mas espere! Se Discovery se passa antes da Série Original, como assistir por último? É que a nave saltou 930 anos no futuro — portanto, muito à frente de tudo que foi mostrado até agora. Divirta-se!

Diário de Bordo: esta é uma das muitas formas de se ver Jornada nas Estrelas. Escolha outras. Escolha a sua. Nota: o novo desenho animado Star Trek: Lower Decks não foi incluído, pois ainda não está disponível no Brasil em nenhuma plataforma oficial de streaming. A história se passa após o último filme de A Nova Geração.

Veja trailers da terceira temporada:

Continua após a publicidade

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários