Como obter o máximo de qualidade do plano Hi-Fi do Tidal

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Tidal surgiu no ano de 2014 através da empresa norueguesa Aspiro e agora pertence ao Project Panther Bidco. Sua grande proposta é a reprodução de músicas sem perda de qualidade, ou seja, a transmissão de faixas com uma alta taxa de transmissão em um formato de arquivo lossless. O serviço de streaming utiliza-se do formato FLAC e ALAC e transmite dados, em sua versão para desktop (PC), a uma taxa de 1411kbps.

Plano Hi-fi no Tidal

É consenso que o serviço de streaming Tidal só compensa o investimento mensal se a pessoa optar por pagar pelo plano Hi-fi. Somente através deste plano a plataforma oferece a transmissão de músicas em qualidade mínima de CD (16 bits) nos formatos lossless FLAC ou ALAC, podendo transmitir também em “alta definição” ou “Hi-res” (24 bits). Entretanto, é importante salientar que não é isto que leva o serviço a ter uma excelente qualidade de áudio e é por este motivo que recomendo a leitura dos artigos abaixo:

Confira abaixo uma tabela que mostra a taxa de transmissão e o formato de arquivo de música utilizado nos principais serviços de streaming de música:

Serviço de Streaming Qualidade max no app mobile Qualidade max no app desktop Formatos utilizados
Spotify 320kbps 320kbps Ogg Vorbis
Apple Music 256kbps 256kbps AAC
Tidal 320kbps(Premium)/1411kbps(hi-fi) 1411kbps FLAC, ALAC, AAC
Deezer 320kbps 1411kbps FLAC

Tidal e sua versão para desktop

A versão do Tidal para desktop (download aqui) pode ser utilizada em PCs de mesa ou em notebooks. Na plataforma PC é onde o serviço de streaming se destaca perante sua concorrência (Spotify, Deezer, Apple Music, Amazon Music, entre outros). Para aqueles que possuem um DAC ou um DAC/amp, é possível obter uma qualidade de áudio melhor através de alguns ajustes.

O primeiro deles utiliza as funções “modo exclusivo” e o “forçar volume”. Confira abaixo como utilizá-las.

Passo 1 – Abra o Tidal (versão para desktop) e, com o dispositivo conectado (DAC/amp), selecione os três pontos localizados em cima no canto esquerdo da tela.

Passo 1 – Utilizando as funções “modo exclusivo” e o “forçar volume”. Fonte: Vitor Valeri

Passo 2 – Selecione a opção “Ajustes”.

Passo 2 - Utilizando as funções modo exclusivo e o forçar volume. Fonte: Vitor Valeri
Passo 2 – Utilizando as funções “modo exclusivo” e o “forçar volume”. Fonte: Vitor Valeri

Passo 3 – Na tela seguinte selecione a guia “transmissão”.

Passo 3 - Utilizando as funções modo exclusivo e o forçar volume. Fonte: Vitor Valeri
Passo 3 – Utilizando as funções “modo exclusivo” e o “forçar volume”. Fonte: Vitor Valeri

Passo 4 – Role a tela para baixo até a seção “Áudio”, clique na área apontada e selecione o nome do seu DAC ou DAC/amp com a designação “Alto-falantes”.

Passo 4 - Utilizando as funções modo exclusivo e o forçar volume. Fonte: Vitor Valeri
Passo 4 – Utilizando as funções “modo exclusivo” e o “forçar volume”. Fonte: Vitor Valeri

Passo 5 – Localize a opção “saída de som” e clique em “mais configurações”.

Passo 5 - Utilizando as funções modo exclusivo e o forçar volume. Fonte: Vitor Valeri
Passo 5 – Utilizando as funções “modo exclusivo” e o “forçar volume”. Fonte: Vitor Valeri

Passo 6 – Ative as opções “Usar o modo exclusivo” e “Forçar Volume”.

Passo 6 - Utilizando as funções modo exclusivo e o forçar volume. Fonte: Vitor Valeri
Passo 6 – Utilizando as funções “modo exclusivo” e o “forçar volume”. Fonte: Vitor Valeri

O segundo ajuste que deve ser feito também pode ser realizado na versão mobile para smartphones e tablets. Trata-se da desativação da função “normalizar volume”. Veja a seguir os passos que deverão ser seguidos na versão para desktop do Tidal.

Passo 1 – Abra o Tidal (versão para desktop), selecione os três pontos localizados em cima no canto esquerdo da tela.

Passo 1 - Desativando a função normalizar volume no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri
Passo 1 – Desativando a função “normalizar volume” no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri

Passo 2 – Selecione a opção “Ajustes”.

Passo 2 - Desativando a função normalizar volume no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri
Passo 2 – Desativando a função “normalizar volume” no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri

Passo 3 – Na tela seguinte selecione a guia “transmissão”.

Passo 3 - Desativando a função normalizar volume no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri
Passo 3 – Desativando a função “normalizar volume” no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri

Passo 4 – Na seção “Reprodução”, localize a opção “normalização de volume” e desative.

Passo 4 - Desativando a função normalizar volume no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri
Passo 4 – Desativando a função “normalizar volume” no Tidal para desktop. Fonte: Vitor Valeri

Preço

Sem dúvidas o Tidal vale mais a pena ao assinar o plano Hi-fi que atualmente custa R$33,80 por mês caso você não consiga alguma promoção que o serviço de streaming oferece de vez em quando. Confira abaixo a tabela de preços e planos das principais plataformas de streaming de música do mercado:

Serviço de streaming Versão grátis Plano básico Plano Premium Plano Hi-fi Plano família Plano de estudante Plano de operadora
Spotify Sim Grátis c/ propagandas R$ 16,90 Não existe R$ 26,90 R$ 8,50 Vivo (grátis)
Apple Music Sim Radio grátis R$ 16,90 Não existe R$ 24,90 R$ 8,50 Não tem
Tidal Não Não existe R$ 16,90 R$ 33,80 R$25,35/R$ 50,80(Hi-fi) R$8,45/R$ 16,90(Hi-Fi) Vivo (desconto)
Deezer Sim Grátis c/ propagandas R$ 16,90 R$ 33,80 R$ 26,90 R$ 8,45 Tim (grátis)

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *