Com modelos negros, campanha de novo uniforme do Palmeiras é alvo de ataques racistas

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Observatório de Discriminação Racial no Futebol denunciou comentários feitos na publicação do clube

DivulgaçãoModelos negros fizeram parte de campanha dos novos uniformes do Palmeiras

O Palmeiras e a Pulma divulgaram nesta terça-feira, 23, os novos uniformes do clube alviverde para a temporada 2021. O modelo verde quadriculado terá sua estreia no jogo de ida da decisão da Copa do Brasil contra o Grêmio, no próximo domingo, dia 28. A campanha da fornecedora de material esportivo chamou atenção por contar com atores negros, mas nem todos gostaram da iniciativa. O perfil do Observatório da Discriminação Racial no Futebol no Twitter denunciou alguns comentários racistas no post da campanha. “Agora toda propaganda da Puma tem chimpa com cabelo do fofão. Já dá para montar um próximo elenco do planeta dos macacos”, escreveu um usuário.

O Observatório relembrou que mais da metade da população brasileira é composta por negros e a presença de atores não deveria causar espanto. “Num país onde 56% da população é negra como pode negras e negros representando algo positivo causar tanta repulsa e ódio, mesmo no espaço do futebol? Dito democrático”, citou o Observatório. Não é possível conferir se as contas utilizadas nos comentários criminosos são de torcedores do Palmeiras ou fakes que utilizaram da postagem para destilar o preconceito.

O racismo está cada vez mais crescente no meio do futebol. Na semana passada, William, jogador brasileiro que atua no Chelsea da Inglaterra, denunciou comentários racistas que recebeu nas redes sociais. Nesta segunda-feira, 22, o ex-meia da seleção brasileira, Michel Bastos, revelou que sofreu racismo em uma loja de supermercados em São Paulo.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *