Cereja de chuchu, o que é? A verdade por trás da polêmica

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Cereja em calda ou cereja marasquino é uma das coberturas de bolo, sorvetes e coquetéis mais populares em todo o mundo. No entanto, essas frutas vermelhas brilhantes são realmente originais ou feitas de outros legumes como o chuchu? Essa é uma das polêmicas gastronômicas mais discutidas na internet.

Feita de chuchu ou não, a verdade é que muitas das cerejas em calda que você compra em supermercados, são feitas com ingredientes artificiais e não tão saudáveis. Pode parecer uma cereja, mas certamente não tem gosto de cereja ou chuchu, e sim de um xarope de açúcar misturado com corantes, aromatizantes e outros produtos que não trazem benefícios à saúde.

Quais os benefícios da cereja verdadeira?

Foto: Pexels

A cereja é uma fruta rica em vitaminas A e C, que contém minerais como cálcio, potássio e magnésio. Por outro lado, possui vários antioxidantes entre os quais se destacam o betacaroteno, as antocianinas e a quercetina. Além disso, contêm poucas calorias, pois, segundo especialistas, 100 gramas da fruta equivalem a 65 calorias.

No entanto, é recomendável consumi-la com moderação e principalmente para pessoas que têm dificuldades digestivas e renais devido ao seu teor de ácido oxálico. Os principais benefícios do consumo de cereja incluem:

  • Evita a formação de cálculos biliares. Além disso, ajudam a reduzir os níveis de colesterol, triglicéridos no sangue e a sua possível acumulação no fígado.
  • Reduz as dores: devido à sua riqueza em antocianinas e antioxidantes, é uma fruta recomendada para melhorar as dores musculares e tendinosas.
  • Auxilia no controle da obesidade: devido ao seu teor de fibras, água, potássio e ao seu baixo teor de lipídios e sódio; É aconselhável em dietas para emagrecer devido ao seu efeito laxante e diurético.
  • Previne o câncer: cerejas são ricas em antocianinas, que possuem propriedades antioxidantes e são responsáveis ​​por prevenir a degeneração celular. Portanto, as cerejas ajudam a reduzir o risco de câncer de cólon porque seu conteúdo de ácido elágico reforça suas propriedades protetoras.
  • Ajuda a manter uma boa saúde cerebral e evita a perda de memória. Por outro lado, contribui para regular o sono devido à sua riqueza em melatonina, hormônio secretado pela glândula pineal.
  • Suas vitaminas A e C ajudam a proteger e amaciar a pele. Também pelo seu teor de caroteno favorece o bronzeamento e reduz a celulite, pois melhora a microcirculação no tecido subcutâneo. Por outro lado, os componentes da cereja purificam o corpo e protegem o sistema nervoso e vascular. Por isso é considerado um alimento antienvelhecimento.

O que são cerejas marasquino?

cereja de chuchu descubra a verdade por tras da polemica e1613399624195
Foto: Pexels

São cerejas sem caroço que se conservam em calda e apresentam uma cor vermelha brilhante intensa. Além disso, elas são utilizadas em produtos de panificação, tortas, biscoitos, biscoitos, sobremesas, sorvetes e coquetéis. No seu processo de fabricação, a cereja é embebida em uma solução de cloreto de cálcio e dióxido de enxofre, ou seja, isso faz com que as cerejas percam sua cor e sabor naturais. Em seguida, ela são mergulhadas em adoçante (geralmente xarope de milho com alto teor de frutose) por cerca de um mês.

A etapa final, consiste em imergir as cerejas em corante artificia e ao licor marasquino, conferindo a cor vermelha excessivamente brilhante. Devido a esse processo, as cerejas marasquino podem ser facilmente trocadas por outros produtos, como goma, gelatina e até mesmo o chuchu.

Como diferenciar a fruta verdadeira da réplica?

Cereja de chuchu: descubra a verdade por trás da polêmica
Foto: Pexels

As cerejas verdadeiras além de serem mais caras, não estão disponíveis durante todo o ano. Por este motivo, alguns fabricantes resolveram adaptar outro produto e fazê-lo passar pela fruta: o chuchu! Por ser um legume sem sabor forte, ele costuma pegar fácil o gosto dos temperos.

Dessa forma, ele é cozido e modelado em bolinhas que são mergulhadas em caldas feitas de xarope, açúcar e corante. Para diferenciá-lo da cereja original basta observar o caroço ou o espaço que ele deveria ocupar. Além disso, você pode verificar a procedência do produto no rótulo da embalagem.

Não deixe de ler também: Tipos de uvas – Mais populares usadas na produção de vinhos

Fontes: Uol, Superinteressante, Tudo Gostoso

Fotos: Pexels

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *