CEO da Take-Two pensa que “consumidores estão prontos” para jogos a US$ 70

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Em uma conferência para investidores, Strauss Zelnick, CEO da Take-Two, voltou a debater — e justificar — o aumento de preço dos jogos da empresa para US$ 70 por conta da troca de geração. A informação é da Tweak Town.

Do nosso ponto de vista, estamos oferecendo uma variedade extraordinária de experiências rejogáveis. A última vez que houve um aumento de preço nos Estados Unidos foi em 2005 ou 2006. Nós pensamos que os consumidores estão prontos [para o aumento].

No entanto, Zelnick explica que o novo preço não deve ser aplicado para todos os títulos dos estúdios da Take-Two de forma geral, sendo uma questão de análise de caso a caso.

“Nosso objetivo é sempre entregar algo que vale mais do que o preço para garantir que a experiência seja positiva para o consumidor. Todos nós sabemos que, mesmo que você ame a experiência, ela é arruinada se você sente que pagou muito. […] Nós queremos que os jogadores sintam que entregamos mais do que pedimos em troca”, concluiu.

Essa não é a primeira vez que a Take-Two defende o aumento de preço dos títulos. Em 2020, a empresa foi a primeira a listar jogos com US$ 10 a mais, o que foi justificado pelo CEO alguns meses depois.

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *