Testamos: máscaras de efeito rápido para turbinar a rotina de skincare

Testamos: máscaras de efeito rápido para turbinar a rotina de skincare

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Passado quase um ano de pandemia, já é possível afirmar que produtinhos e rituais de beleza que trazem sensação de conforto é o que a gente mais quer ao nosso lado nessa jornada de isolamento social. As máscaras faciais, caseiras ou não, são itens que se encaixam perfeitamente nessa categoria, pois transformam o clima do banheiro em spa e oferecem bem-estar imediato (gostamos assim!). Pensando nisso, nós testamos algumas máscaras de efeito rápido para você turbinar a sua rotina de skincare!

Além dos benefícios que as fórmulas podem trazer para a pele, é importante aproveitar toda a experiência sensorial que o passo a passo da aplicação oferece: um momento prazeroso de autocuidado, de concentração, de relaxamento, ideal para esquecer um pouco dos problemas. Se você ainda não se deu esse presente, prepare-se, pois as opções de máscaras não faltam. 

Com que máscara eu vou?

Diferença entre as cremosas e as “sheet masks”

Para começar, existem alguns formatos diferentes no mercado. As versões cremosas em potinhos, que trazem maior quantidade do produto, podem ser utilizadas várias vezes aplicando com uma espátula e depois removidas com água. Ou as “sheet masks”, vendidas em unidades, que têm se tornado bastante populares. Feitas de papel, tecido ou gel, elas possuem o formato da moldura do rosto, devem ser usadas e depois descartadas. 

“Ambos os tipos funcionam. O que elas podem variar é na questão da formulação, densidade e concentração de ativos. Alguns efeitos podem ser imediatos, mas têm um tempo de duração limitada. Para mantê-los, é importante fazer a rotina regular de skincare e complementar com o uso da máscara pelo menos uma vez por semana ou conforme indica o tratamento”, afirma Juliana Spano, esteticista da Clínica Carla Albuquerque de Dermatologia. Ela também ressalta que, antes da aplicação da máscara, a pele deve estar sempre limpa e seca para absorver os ativos com eficiência. 

Qual a melhor fórmula para seu skincare?

A essa altura você já deve estar se perguntando qual a melhor máscara para você. Os produtos trazem especificados na embalagem os atributos, a fórmula, as recomendações de uso e de tipos de pele. As máscaras podem conter ativos para o rejuvenescimento, clareamento da pele, hidratação, brilho, entre outros. Se você tem dúvidas sobre o seu tipo de pele, antes de comprar, é essencial consultar um dermatologista e aproveitar para tirar dúvidas sobre quais os melhores ingredientes para você. Dessa forma, a sua escolha se torna certeira. 

Inshallah, muito ouro!

Nas prateleiras, tem ingredientes para todos os gostos e necessidades. Até máscaras de ouro e de diamante podem ser encontradas. “Os minerais trazem diferentes benefícios à pele. O ouro pode atuar na redução de rugas e na firmeza. Já o diamante, por exemplo, ajuda na renovação celular além de combater os radicais livres, nutrir e estimular o metabolismo das células, devolvendo a luminosidade e o viço”, diz Paula Chagas, esteta e cosmetóloga da Clínica Mademoissele SPA,  de Uberaba, Minas Gerais. 

E as de argila?

Outras bastante comuns são as máscaras de argila, que trazem na composição de minerais como, magnésio, zinco, ferro, cobre e silício. “Geralmente, as argilas possuem efeito detox, purificante e anti-inflamatório, sendo indicada para pessoas com peles mista ou oleosas”, diz Juliana.

 

Baile de máscaras de efeito rápido

mulheres de mascara
Klaus Vedfelt/Getty Images

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre as máscaras faciais, chegou a hora de irmos para a prática. Boa Forma experimentou algumas opções de máscaras de formatos e atributos diferentes e conta para você um pouco sobre as sensações:

  • Absolue Golden Cream Mask, Lancôme 

Cada sheet mask, de uso único, contém 15 g de Absolue Soft Cream, cujo principal componente são os extratos da grand rose, a rosa de Lancôme, e infusão de ouro 24 quilates que, segundo a marca, estimula a produção de colágeno e a circulação. A máscara possui tecnologia de tripla camada, conferindo maior penetração do produto sobre a pele. Outros atributos descritos pelo produto são o efeito glow instantâneo, regeneração celular, nutrição, pele tonificada, viçosa e linhas finas menos evidentes.

A Boa Forma testou: Esperávamos uma uma sheet mask branca e fininha, como é a maioria das máscaras convencionais, mas essa é um pouco mais espessa e macia que as demais e, além disso, tem a cor dourada. A máscara também é prática, pois vem dividida em duas (uma para cobrir a parte superior do rosto e outra para a inferior), sendo mais fácil de aplicar e de alcançar todos os cantinhos e contornos da pele. O aroma dos extratos da grand rose é outro ponto forte. “Notei que a pele ficou descansada, lisinha e mais iluminada, com aquela sensação de rosto saudável e revigorado. Apliquei à noite, mas, acredito que utilizar para começar o dia seja ainda melhor”, afirma Amanda Maia, editora-chefe de Boa Forma.

Compre aqui. 

mascara absolue lancome
Lancôme/Divulgação
  • Máscara facial em tecido Carvão Detox, Pure Carbón, Garnier

A máscara detox negra da Garnier é feita de tecido enriquecido com carvão (conhecido pelas propriedades absorventes) e com uma fórmula enriquecida com extrato de chá preto e ácido hialurônico. A indicação de uso é de 15 minutos e é recomendada pra purificar, hidratar e reduzir poros. Ideal para peles oleosas e com brilho. Adaptado à pele sensível.

A Boa Forma testou: A máscara é feita de um tecido bem macio e vem embebida de bastante produto. Portanto, é preciso tomar um pouquinho de cuidado para não rasgá-la ao retirá-la da embalagem, embora o tecido até seja espesso. A sensação pós-uso é de uma limpeza profunda. A pele fica visivelmente matificada. “Utilizei e, em seguida, fiz maquiagem. Gostei do resultado”.

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B07GC2VYT2&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

  • Máscara de argila purificante, Chronos, Natura

É indicada para peles mistas a oleosa. Segundo a marca, essa máscara traz a tecnologia prebiótica de babaçu, que alimenta a microbiota e fortalece a barreira cutânea, além de argilas minerais e ácido mandélico. A proposta do tratamento é reduzir a produção de oleosidade, poros e acnes na pele com resultados imediatos e também a longo prazo. O produto vem em embalagem de vidro 70g, que permite várias vezes o uso. 

A Boa Forma testou: É uma máscara de argila com textura leve, de ótima espalhabilidade. Também é fácil de remover. O tempo de utilização recomendado é de 15 minutos, uma camada fininha que deve ser aplicada na pele limpa e seca. Imediatamente após ser retirada, foi possível notar poros fechados e pele matificada. 

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B087ZNW4PF&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

 

  • Máscara facial revigorante melão provençal, L’Occitane en Provence

Em embalagem de vidro 75 ml, a recomendação de uso é para peles normais a oleosas com o aspecto cansado (peles opacas, sem hidratação, com inchaço embaixo dos olhos), de uma a duas vezes por semana. 

A Boa Forma testou: O primeiro quesito que chama a atenção é o cheiro. É bastante refrescante, característico do melão e dá vontade de comer (mas não pode, claro!). Em segundo lugar, vem a textura um pouco gelatinosa, que, segundo a marca, foi inspirada nos sorbets. “Apliquei numa sexta-feira à noite, depois de uma semana bem corrida. Deixei por 5 minutos no rosto, conforme recomenda a embalagem, e tive uma leve sensação de pele revigorada e com um pouco mais de brilho. Mas, mais do que o resultado que ela oferece, vale destacar como ela deixa o ritual de skincare mais gostoso por conta do relaxamento que o toque e o aroma promovem”, afirma Amanda. 

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B08982DR1K&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

  • Máscara facial para redução de olheira com ouro e acetil treta peptídeo, Belliz

Fabricada na Coreia, traz ativos como o Acetyl Tetrapedptídeo e Sodium Hyaluronate, que auxiliam na redução das olheiras e na redução das linhas de expressão na área dos olhos. O par é vendido em sachê, de uso único, no formato adesivo gel. 

Continua após a publicidade

A Boa Forma testou: “Por ser um formato adesivo somente para a região dos olhos, achei a máscara prática e fácil de usar. Foi possível realizar outras atividades, como trabalhar, enquanto esperava os vinte minutos recomendados, sem que ela ficasse atrapalhando. Como não tenho olheiras muito marcadas, acabei não percebendo muita diferença nesse aspecto. Mas, no geral, foi possível perceber pele mais descansada e hidratada.

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B086RDXZ34&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

 

  • Máscara mineral de efeito purificante, Vichy

Traz na fórmula dois tipos de argilas brancas com Água Termal Mineralizante para peles mistas a oleosas. É indicada para remover impurezas do rosto e resíduos de poluição, além de diminuir o brilho exagerado do rosto, hidratar e equilibrar o PH. É vendida em dois sachês de 6 ml cada com a indicação de uso de uma a duas vezes por semana.

A Boa Forma testou: A textura é um pouco mais firme e bem fácil de espalhar no rosto de um jeito uniforme. “Deixei agir por cinco minutos, conforme a recomendação de uso. Notei que a argila não resseca totalmente, como, em geral, acontece com as máscaras de argila. Isso torna o produto menos incômodo sobre o rosto e também mais fácil de ser removido. Em seguida, retirei a máscara durante o banho com água morna. Ao olhar no espelho, notei imediatamente poros mais reduzidos e rosto matificado. Tenho a pele normal e acredito que, em peles oleosas, o resultado deve ser ainda mais visível”.

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B01G936RNA&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

 

  • Máscara facial firmadora peptídeos de cobre e frutas vermelhas, Belliz

O tratamento tem dois passos. O primeiro é a aplicação da máscara descartável por vinte minutos, com ativos de cobre que tem proposta promover a firmeza na pele. Já o segundo é a utilização do sérum, com ativos de frutas vermelhas, que atuam como antioxidantes e combatem os radicais livres. A embalagem unitária tem 2 g.

A Boa Forma testou: A máscara é de coloração rosê e tem o aroma refrescante das frutas vermelhas. O sérum do passo dois tem a textura superleve, lembra um primer. Resultado de pele uniforme e lisinha.

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B086RHGKXT&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

  • Máscara facial em tecido Hidra Bomb, camomila calmante, Garnier

Chamada de bomba de hidratação, essa máscara é enriquecida com uma fórmula calmante, concentrada em extrato de camomila, ácido hialurônico e um serum hidratante. Quando aplicada no rosto, atua como uma compressa de hidratação. O tempo recomendado de uso é 15 minutos. Adaptado à pele seca e sensível.

A Boa Forma testou: Delicioso, o aroma floral suave é o primeiro quesito que chama atenção. Apliquei no final do dia, depois de uma jornada intensa no trabalho. Trouxe a sensação de hidratação e de descanso prometida na embalagem.

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B074M9K6T5&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

  • Máscara mineral efeito peeling, Vichy

Máscara mineral com rochas vulcânicas, água termal mineralizante e AHA, composto do extrato de blueberry, laranja, cana-de-açúcar e limão, para remover células mortas, alisar a textura da pele, promovendo renovação e luminosidade. É vendida em dois sachês de 6 ml cada com a indicação de uso de uma a duas vezes por semana.

A Boa Forma testou: A textura aquagel é bem levinha e refrescante sobre a pele. Possui micropartículas que fazem uma esfoliação bem gentil no rosto. Após o uso, a pele ficou mais homogênea e lisinha. O aroma também é bastante agradável.

Compre aqui.

q? encoding=UTF8&ASIN=B01G936XV6&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=boaforma 20&language=pt BR

Making of…

Alguns cliques dos bastidores do testes : )

golden mask
A máscara dourada Absolue Golden, da Lancôme AM/Divulgação

 

amanda mascara beliz
Teste da máscara facial para redução de olheira, da Belliz/ Amanda Maia/Divulgação
mascaras faciais
Algumas das máscaras que recebemos das assessorias para os testes/ Amanda Maia/Divulgação
mascara vichy argila
Com a máscara mineral de efeito purificante, Vichy

Amanda Maia/Divulgação

 

*Alguns produtos acima possuem links para a compra para os parceiros de afiliação do Grupo Abril – com preços referentes ao mês de fevereiro de 2021.

** A Boa Forma não recebe cachê para realizar os testes dos produtos, que são enviados pelas respectivas assessorias de imprensa para a realização da matéria.

  • Continua após a publicidade

  • FONTE ORIGINAL

    Como raspar a virilha sem encravar

    Como raspar a virilha sem encravar

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    Seja por escolha, pelas restrições da quarentena ou pelo medo da cera quente, muitas mulheres que optam por tirar os pelos da virilha escolhem a lâmina de depilação. Apesar de ser fácil, prática e indolor, algumas reações como coceira, pelos encravados ou “bolinhas” na pele podem ocorrer, se não rasparmos os fios da maneira certa. “Quando você depila os pelos com lâmina, ela corta os pelos na superfície da pele ou mesmo um pouco abaixo dela, de forma que deixam de ser visíveis.  Infelizmente, o resultado é muito pouco duradouro e a pele costuma irritar com a repetição frequente. Existe também o risco de cortar e machucar a área e, com alguma frequência, os pelos encravam”, diz a dermatologista Juliana Piquet. Para evitar qualquer resultado que não seja uma pele lisinha e sem pelos encravados, separamos dicas para te ensinar como raspar a virilha sem encravar.

    E vale lembrar que a depilação é algo opcional, não obrigatório. Você deve fazer aquilo que é confortável para você e para seu corpo 😉

    Escolha uma boa lâmina

    Sim! A lâmina pode interferir no resultado da depilação. Por isso, opte sempre pelos produtos que possuem múltiplas lâminas, pois assim você não precisa fazer tanta pressão contra a área ou repassar várias vezes no mesmo lugar, correndo o risco de irritar a pele. Mas é claro, cada um tem necessidades diferentes. “Existem diversas marcas no mercado e você deve procurar a que mais se adapta ao seu corpo”, comenta Paula Chagas, esteticista e cosmetóloga.

    É importante que a lâmina esteja afiada, limpa e seca (evite deixa-la no chuveiro ou pia molhada). Também deve ser usada entre 5 e 7 vezes no máximo e nunca compartilhada

    E não só escolher um bom produto, como o cuidado com o mesmo deve ser reforçado.É importante que a lâmina esteja afiada, limpa e seca (evite deixar no chuveiro ou pia molhada). Também deve ser usada entre 5 e 7 vezes no máximo e nunca compartilhada” reforça Juliana.

     

    Gillette Venus Breeze Aparelho de Barbear

    Venus simply 3, quatro unidades nas cores roxo, amarelo e duas rosas

    Aparelho de Depilação Gillette Venus Simply 3

    A água morna ajuda!

    O ideal é depilar logo após o banho, quando os pelos estão mais macios, a pele está morna, hidratada, livre do excesso de óleo e de células mortas que podem se acumular entre as lâminas”, diz a dermatologista.  Ou seja, facilita muito a retirado dos pelos e pode evitar acidentes como as “queimaduras” da lâmina. 

    Esfoliar a pele antes da lâmina aumenta o risco de infecções

    Muitas pessoas também recomendam esfoliar a pele antes do processo mas, segundo Paula, isso é um mito e pode até ser projudicial: a esfoliação pode causar pequenos traumas na região e aumentar o risco de infecção. O processo é recomendado somente dias após a depilação.

    creme esfoliante d'agua natural

    Continua após a publicidade

    Creme Esfoliante Apricot Média Abrasão, D’agua Natural

    Qual a direção certa?

    cinco giletes pinks em um fundo azul posicionadas em meia lua
    Javier Zayas Photography/Getty Images

    Existe uma discussão sobre se deve-se fazer a raspagem a favor ou contra os pelos da região. As profissionais afirmam que o melhor jeito é passar a lâmina a favor dos pelos, pois assim você diminui a possibilidade de desenvolver uma foliculite, pelos encravados. Se combinado esse movimento com uma lâmina múltipla, a chance diminui ainda mais pois, assim, você não precisa repassar muitas vezes na mesma área, que já estará sensível.

    E não se esqueça! Não precisa aplicar muita força nos seus movimentos. Mantenha o seu pulso firme para que a lâmina não escorregue para os lados ou qualquer outra direção que não seja a desejada, evitando cortes e machucados.

    gél pós delpilação aloe vera na cor rosa

    Gel Pós-Depilação, D’agua Natural

    O hidratante vai ser o seu novo melhor amigo!

    Um pouco de hidratação na pele nunca machucou ninguém e, após a depilação, muito menos! “Um bom creme hidratante livre de óleo e sem fragrância vai evitar irritação e infecção e acalmar a pele”, recomenda a dermatologista.

    creme hidratante jhonson's

    Creme Hidratante Corporal Vegano Calmante Biopsor

     

    água termal em embalagem branca Ruby Rose
    Americanas/Divulgação

    Água Termal Sem Fragrâcia – Ruby Rose

     


    *Alguns produtos acima possuem links para a compra para os parceiros de afiliação do Grupo Abril – com preços referentes ao mês de fevereiro de 2021.
    ** A Boa Forma não recebe cachê para realizar os 
    testes dos produtos, que são enviados pelas respectivas assessorias de imprensa para a realização da matéria.

    Continua após a publicidade

    FONTE ORIGINAL

    Treino para homens: trabalhe o corpo todo sem equipamentos

    Treino para homens: trabalhe o corpo todo sem equipamentos

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    O treino para homens costuma ser um pouco diferente daqueles voltados para as mulheres: geralmente, eles priorizam os membros superiores (braços, peitoral e ombros), enquanto elas preferem malhar glúteos e pernas. Mas todo mundo precisa trabalhar todas as regiões do corpo, viu? Pensando nisso, a colunista e personal trainer Cau Saad (@causaad), montou uma sessão power. Confira:

    Treino para homens

    Como realizar: 

    • Iniciantes: 2 séries de 20 segundos cada;
    • Intermediários: 3 séries de 30 segundos cada;
    • Avançados: 4 séries de 45 segundos cada.

    1 – Flexão de braços para peitoral

    Instituto Cau Saad/Divulgação

    Deitado de barriga para baixo, com os braços ligeiramente afastados (alinhados com o peitoral) e apoiando o peso nas pontas dos pés, empurre o solo, mantenha o abdômen contraído e suba o tronco. Desça lentamente e retorne.

    2 – Agachamento

    treino para homens
    Instituto Cau Saad/Divulgação

    Em pé, com os pés abertos na largura do quadril, projete o quadril para trás sem deixar que os joelhos passem da linha dos pés. Abaixe. Em seguida, retorne à posição inicial.

    3 – Superman (hiperextensão de lombar)

    treino para homens
    Instituto Cau Saad/Divulgação

    Deite de barriga para baixo, com os braços ao lado do peito. Eleve pernas e braços, contraindo glúteos, lombar, dorsal e posterior de coxa. Relaxe para descer à posição inicial.

    Continua após a publicidade

    4 – Stiff unilateral

    treino para homens
    Instituto Cau Saad/Divulgação

    Com apoio de apenas um dos pés, projete o corpo à frente, flexionando o quadril, e retorne à posição inicial.

    5 – Abdominal grupado 

    treino para homens
    Instituto Cau Saad/Divulgação

    Deitado de barriga para cima e com e braços estendidos acima da cabeça, realize o movimento de subida do tronco, trazendo os pés para perto dos glúteos e as mãos perto dos pés. Retorne.

    6 – Afundo pliométrico 

    treino para homens
    Instituto Cau Saad/Divulgação

    Em pé, com os pés em um em frente ao outro e abertos na largura do quadril, projete o joelho da perna de trás em direção ao solo, sem tocá-lo. Retorne com um salto. Repita trocando a posição dos pés.

    7 – Prancha tríceps

    treino para homens
    Instituto Cau Saad/Divulgação

    Mantenha a posição de prancha com as palmas das mãos no solo. Em seguida, coloque alternadamente os cotovelos no solo e depois retorne à posição inicial, mantendo abdômen ativado durante todo o exercício.

  • Continua após a publicidade

  • FONTE ORIGINAL

    Exercícios para acabar com a celulite

    Exercícios para acabar com a celulite

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    Uma medida fundamental em qualquer programa anticelulite de sucesso é a atividade física. Por isso, conversamos com especialistas e separamos os melhores exercícios para acabar com a celulite.

    Por que os exercícios reduzem as celulites?

    “O sedentarismo favorece a retenção de líquido e de sódio entre as células”, afirma a endocrinologista Rosana Radominski, de Curitiba. “Já os exercícios melhoram a circulação e a eliminação desses resíduos. Fora que colaboram para o emagrecimento – e sabemos que quadros mais acentuados de celulite ocorrem justamente em mulheres com excesso de peso.” Daí, a importância da atividade aeróbica (correr, caminhar, andar de bike).

    Mas qualquer exercício ajuda?

    Embora você possa contar com outros exercícios para acabar com a celulite, há alguns que podem atrapalhar, pelo menos na opinião de alguns especialistas. O cirurgião plástico italiano Marco Gasparotti defende, por exemplo, que exercícios com muita carga, como a musculação com o objetivo de hipertrofia, podem piorar o quadro. “Porque liberam altas doses de ácido lático, substância nociva para o tecido cutâneo”, disse ele em entrevista à BOA FORMA.

    Outra teoria desfavorável leva em consideração a anatomia da pele – ao deixar os glúteos “rígidos” com malhação pesada, os septos (aquelas traves fibrosas que sustentam o tecido e comprimem a gordura) repuxariam ainda mais a superfície da pele, evidenciando as depressões. Mas as duas teses ainda são polêmicas.

    Muitos médicos acreditam que o problema está em exagerar na dose. “Não tenho dúvidas que a musculação melhora o tônus principalmente do bumbum, das coxas, do abdômen e dos tríceps, o que beneficia o quadro”, diz a preparadora física pós-graduada em fisiologia do exercício Claudia Zamberlan, de São Paulo. O ideal é combinar atividade aeróbica e localizada e, mais importante, manter a regularidade – um agachamento aqui, outro avanço ali não traz resultados.

    Exercícios para acabar com a celulite

    A seguir, confira os melhores exercícios para acabar com as celulites!

    Continua após a publicidade

    1. Caminhada, corrida e bicicleta

    Aeróbicas, essas atividades estimulam a circulação e queimam calorias. Dessa forma, as células de gordura não se sobrepõem umas às outras, evitando o aspecto acolchoado da celulite.

    jacoblund/Thinkstock/Getty Images

    2. Natação e hidroginástica

    Os movimentos na água podem funcionar como uma espécie de drenagem, que atua na retenção de líquido, diminuindo o inchaço.

    3. Ioga e pilates

    Ao alongar a musculatura de forma profunda, foco dessas duas modalidades, os septos fibrosos que repuxam a pele para baixo se soltariam, já que estão inseridos na fáscia, membrana que reveste o músculo.

    Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

    4. Musculação sem exageros

    Mantém o metabolismo em alta e troca massa gorda por magra. Alguns pesquisadores acreditam que a hipertrofia (exercícios com muita carga) podem liberar toxinas que fazem mal à pele.

    Conclusão

    Enquanto o sedentarismo favorece o desenvolvimento de celulites, movimentar-se é essencial para reduzir essa inflamação. Por isso, alguns exercícios para acabar com a celulite, como caminhada, corrida, natação, ioga, pilates e musculação são boas apostas. Mas lembre-se de treinar com equilíbrio, ok?!

    *Reportagem originalmente publicada em julho/2014.

  • Continua após a publicidade

  • FONTE ORIGINAL

    Bolo de banana vegano para fazer na quarentena!

    Bolo de banana vegano para fazer na quarentena!

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    Quer comfort food mais deliciosa do que um bolinho de banana com canela? Esta é a receita da semana da nossa colunista Camila Botelho (@chefcabotelho)! Confira então a versão do bolo de banana vegano:

    Bolo de banana vegano, por Camila Botelho

    Ingredientes: 

    • 2 bananas (quanto mais maduras, mais docinho ficará seu bolo);
    • 1 xíc. de água;
    • Canela a gosto;
    • 1 col. (sopa) de de melado ou açúcar;
    • 2 xíc. de aveia;
    • 1/2 xíc. de óleo de coco (ou qualquer óleo de sua preferência);
    • 1 col. (sopa) de fermento.

    Modo de preparo:

    Bata tudo no liquidificador (menos o fermento) e, ao final, misture o fermento. Despeje a massa em uma forma redonda e leve ao forno a 180°C por 40 minutos. Finalize com canela por cima. 

  • Continua após a publicidade
  • FONTE ORIGINAL

    Testamos protetores com cor para fins esportivos

    Testamos protetores com cor para fins esportivos

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    Que o protetor solar é importante independente da época do ano, isso nós sabemos. Mas, durante a prática de exercícios, deve ser um item fundamental. É claro que nem sempre estamos no nosso melhor durante a prática de exercício; cabelo preso e um tanto bagunçado, suor e o cansaço… Ás vezes aquela vontade de se arrumar um pouquinho mais para a prática de esportes pode vir através de um protetor com cor! Por isso, testamos protetores solares para fins esportivos e te contamos o que achamos de cada um!

     

    Shiseido HydroBB Compact for Sports 

    O produto promove uma proteção solar ideal para esportes e outras atividades ao ar livre, com uma tecnologia wetforce, onde seu véu de proteção UV se torna mais efetivo quando em contato com a água ou suor, além disso, possui a tecnologia quick dry que seca o suor, mantendo uma aparência fresca, além de conter derivados de aminoácidos que são conhecidos por manter a umidade da pele.

    Primeiro queria deixar bem claro que o produto tem um cheiro maravilhoso! Sério, fiquei encantada. É mega prático de passar com a esponjinha (que vem junto com o produto) e possui uma textura cremosa (demora um pouquinho para secar no rosto). Achei a cobertura muito boa, meu rosto tem várias marquinhas de espinhas, de anos com problema de acne, e uns poros dilatados próximo ao meu nariz e me surpreendi pois (como vocês podem ver na foto) cobriu a grande maioria das minhas imperfeições, o que muitas bases nunca conseguiram! Além disso, deixou um glow no rosto que eu adorei! Não é um produto “pesado”, senti como se não estivesse usando nada na minha pele, o que me surpreendeu já que outros protetores solares com cor que eu já havia usado faziam eu me sentir sufocada, como se estivesse com uma maquiagem completa para fazer exercícios físicos.

    Sobre a resistência, achei que por possuir uma textura cremosa ele iria sair, pelo menos um pouco, uma vez que começasse a suar ou com o uso da máscara mas foi totalmente ao contrário. Ele não transferiu ou escorreu em contato com o suor de maneira nenhuma!

    Foi até mesmo impressionante! Pode ter certeza de que, mesmo se você suar horrores, seu protetor vai continuar intacto! Em um treino de alta intensidade não terá problemas nenhum.

    Ah! E não esqueça de retirar o produto com demaquilante ou removedores de maquiagem viu? Ele é extremamente resistente a água (então se caso você queira passar um pouquinho no rosto durante um exercício e outro só pra dar aquela refrescada, vai sem medo! A proteção e nem a cobertura será perdida.)

    Compre aqui

    Refil protetor solar com esponjinha para aplicação

     

    Shiseido BB for Spots +50

    O produto promove uma proteção solar ideal para esportes e outras atividades ao ar livre, com uma tecnologia wetforce, onde seu véu de proteção UV se torna mais efetivo quando em contato com a água ou suor, além disso, possui a tecnologia quick dry que seca o suor, mantendo uma aparência fresca.

    Bem, com uma textura fluída e super leve, o protetor é muito fácil de se espalhar, porém é algo que precisa ser feito com atenção e muuuito bem pois pode acabar ficando “marcado” em algumas regiões do rosto. Ele demora um pouquinho para secar e tem uma finalização que deixa a pele com o aspecto seco (não de um jeito ruim), particularmente, não recomendo para quem tem uma pele ressecada pois pode acabar deixando evidente o ressecamento, que foi o que aconteceu comigo.

    Sua cobertura é muito boa!  Porém, diferente do HydroBB Compact, ela deixa uma aparência mais “natural” não cobrindo 100% as imperfeiçoes como senti com o outro produto, e realmente parece como se não tivesse nada no rosto! Acredito que isso se dá pelo fato de ser fluído. Ele não escorreu no contato com o suor, mas pude notar que transferiu um pouco para a máscara ao final do exercício.

    Em relação a sua tecnologia quick dry notei que sim, ele ajuda na aparência na pele mas não impede ou seca o suor, mas com toda certeza disfarça o aspecto de acabada e completamente suada que tenho no final de uma sessão de exercícios.

    Compre aqui 

    Embalagem cinza de protetor solar em formato oval

     

    Protetor solar Adcos Mousse Mineral FPS 50

    Desenvolvido para uso diário e todos os tipos de pele (inclusive as sensíveis), ele promete proteção contra os danos causados pela radiação UVA e UVB, luz visível e poluição, minimizando os danos mais profundos da pele causados pelos raios infravermelhos devido à ação antioxidante do produto.

    Eu fiquei surpreendida com esse protetor! Estava um pouco preocupada por ser um mousse e que talvez fosse ficar pesado, ou que deixasse minha pele um tanto oleosa, mas super ao contrário! Assim que passei no rosto, ele secou rapidamente e ficou super leve! A cobertura é maravilhosa e senti que deixou minha pele com um aspecto de porcelana, cobriu as imperfeições, marquinhas e poros dilatados muito perfeitamente. (amei, sério)

    Sobre duração, a Adcos também não deixou nada a desejar. Por não ser um protetor específico para a prática de esportes, acho que ele aguentou muito bem! Não escorreu ou perdeu a cor em contato com o suor e água (peguei um pouco de chuva nesse dia voltando para casa) e notei que transferiu pouquíssimo para a máscara que eu estava usando!

    Compre aqui 

    Bisnaga Adcos protetor solar mousse embalagem branca

     

     

    Dermage photoage stick color FPS 90

    O protetor com tonalizante promove proteção muito alta UVA e UVB associando cobertura intensa e disfarce imediato de imperfeições, sendo indicada para todos os tipos de pele e resistente à água, indicado para o uso durante atividades ao ar livre

    Continua após a publicidade

    Senti que o protetor conta com um acabamento sedoso, deixando a pele com um brilho discreto e com a impressão de estar macia. Por ser em bastão e um produto mais “firme” utilizei uma esponjinha para espalhar o produto pra não acabar irritando minha pele.

    mostrando a cobertura do protetor demarge photoage stickcolor
    @avrmind/Reprodução Instagram

    Ele é realmente muito resistente à água (precisei usar demaquilante duas vezes para sair) e em relação a cor, tive a pequena impressão que ele oxida (a cor fica um pouco mais escura) com o tempo. O protetor dura um bom tempo e possui uma fixação média. Usei ele para patinar em uma tarde e notei que transferiu um pouco para o capacete (que pega uma parte da minha testa) quanto na máscara.

    Compre aqui

    La Roche-Posay Anthelios Hydraox

    Com uma eficácia reforçada antioxidante, o protetor promete ajudar a preservar o colágeno da pele, com alta concentração de água termal, vitamina E, proteção altíssima contra raios UVA. Possui também glicerina para hidratar a pele com leveza deixando o toque seco.

    Você quer resistência, @?

    Eu fiquei surpresa com a proteção que a La Roche entregou nesse protetor. Ele é bem fluído, fácil de espalhar e com um cheirinho maravilhoso! A sua cobertura é suave, deixando a pele com uma aparência muuito natural e com um glow na medida certa. A pele fica bem sequinha, mas ao toque parece muito macia, o que eu adorei.

    Fun fact: Em contato com a água, a impressão que fica é que seu rosto é impermeável! Eu sei que parece esquisito (eu também achei) mas quando fiz o teste e joguei uma água no meu rosto e olhei no espelho, parecia que eu não tinha feito nada, a impressão era que estava completamente seco. E a cor segue o mesmo padrão, viu? Não transferiu em nenhum momento para a máscara ou escorreu em contato com o suor, se mantendo intacto durante todo o meu exercício!

    Compre aqui 

    La Roche-Posay Protetor Fluid com tampinha de rosquear

     

    Ada Tina Biosole BB Cream

    Promovendo um toque seco e aveludado com alta proteção contra as radiações solares UVA e UVB, protegendo contra a luz azul e luz visível, ele reduz também o surgimento de manchas causadas pela exposição solar ao longo dos anos.

    Por ser BB Cream, eu fiquei preocupada quanto a possibilidade de deixar a minha pele oleosa, mas isso não aconteceu! Em um primeiro momento, enquanto espalhava o produto achei que o mesmo ficaria brilhoso na pele, mas isso some conforme o produto seca no rosto. Ele é mega fácil de espalhar também, porém ao fazer isso com os dedos senti que precisei de mais cuidado se não algumas partes ficavam marcadas, problema que não tive ao utilizar uma esponjinha de maquiagem. (E meu rosto ficou bem macio!)

    Assim como o produto diz, ele é muito bom escondendo pequenas imperfeições e disfarçando algumas vermelhidões na pele (estava com uma espinha horrível nesse dia que disfarçou bem) e a cobertura se mantém por um bom tempo! Mas não é muito resistente em contato com água, não perde sua cor com o suor, mesmo notando que o produto transferiu sim, para a máscara.

     

    Compre aqui 

    protetor bisnaga Ada Tina embalagem branca

     

    Ada Tina Biosole Fluid Sun Color Defense FPS 98

    Com uma altíssima proteção contra raios UVA e UVB, que além de proteger a pele contra o envelhecimento e as manchas solares, ainda uniformiza o tom da pele com uma cobertura natural e toque não oleoso, recomendado principalmente para peles extremamente sensíveis a queimaduras solares.

    A Ada não brincou quando fez um protetor fluído! A textura se assemelha bastante com um liquido, o que me fez sofrer um pouquinho para passar o produto do recipiente para a pele, mas deu tudo certo! Senti que ele talvez fosse um pouco oleoso conforme espalhava, o que é mega fácil por conta da sua textura, e pude notar que minha pele ficou muito brilhosa em um primeiro momento mas conforme o produto secava, diminuiu!

    Sua cobertura é a mais natural de todos os produtos que testei para essa matéria, ele realmente cobre imperfeições pequenas e uniformiza o tom de pele, mas não cobre 100% marcas maiores que podem ter na pele. Em contrapartida, ele é mega resistente à água e notei que transferiu pouquíssimo para a máscara!

    Compre aqui 

    Embalagem branca em formato de cilindro com tampa de rosquear protetor Ada Tina

     

    Quer mais recomendações de produtos de beleza? Conheça o Especiallistas, nossa nova marca Abril!

  •  

     

    Continua após a publicidade

  • FONTE ORIGINAL

    Diferença entre os tipos de massagem — e como fazer uma relaxante em casa

    Diferença entre os tipos de massagem — e como fazer uma relaxante em casa

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    Nada como uma massagem para relaxar durante períodos mais agitados e estressantes da nossa vida, não é mesmo? Mas a questão é que há vários tipos de massagem, e dependendo do seu objetivo (seja relaxamento, tratamento de dor ou até equilíbrio da espiritualidade), uns podem ser mais indicados do que outros. Que tal conhecê-los?

    Tipos de massagem

    1 – Shiatsu

    Group4 Studio/Getty Images

    Vinda do oriente e com o nome derivado do japonês, que quer dizer “pressão dos dedos”, o Shiatsu é um tipo de massagem com uma abordagem mais terapêutica, que auxilia no tratamento de dores. “É uma técnica de reequilíbrio físico-mental por meio do toque corporal, percorrendo uma rede de canais de energia distribuídos pelo corpo. São utilizados os dedos, as palmas das mãos e cotovelos na realização da massagem”, explica a Sueli Szterling, terapeuta e diretora do Kurma Spa.

    No Shiatsu são executadas pressões de intensidades específicas para cada caso, principalmente sobre os nós energéticos. Pode ser aplicado com o paciente vestido ou em trajes de banho, e utilizar óleos essenciais para execução de manobras — comoo deslizamentos e alongamentos. “Melhora o fluxo energético e sanguíneo do corpo, nutrindo, fortalecendo e regulando todas as funções dos órgãos e sistemas. Também faz com que aumente a resistência do organismo. Melhora o estresse e a ansiedade, promovendo um equilíbrio do organismo e da mente”, diz Sueli.

    2 – Reflexologia

    Tipos de massagens - Reflexologia
    fotostorm/Getty Images

    Outra terapia que se assemelha ao Shiatsu é a Reflexologia. A técnica de tratamento é feita por meio de estímulo/pressão nas áreas reflexas dos pés, com os dedos das mãos e usando métodos específicos. “A Reflexologia é uma técnica que busca uma cura holística por meio dos pés. Neles são encontrados pontos que correspondem ao corpo todo, que ao serem estimulados podem ajudar a melhorar questões físicas e mentais.”

    Ao estimular a capacidade curativa do próprio organismo, ela é capaz de promover grandes mudanças, afirma Sueli. Além de proporcionar relaxamento e bem-estar. “Os pés podem ser grandes aliados na busca e manutenção de uma boa saúde”, explica.

    Continua após a publicidade

    3 – Ayurvédica

    Tipos de massagem - Ayurvédica
    WIN-Initiative/Getty Images

    Algumas massagens terapêuticas também são milenares, se encaixando nas duas categorias, como é o caso do Shiatsu e a da Reflexologia. Mas como uma técnica milenar também vale destacar a massagem Ayurvédica.

    De origem Indiana, é realizada no chão, com movimentos vigorosos de alongamento e deslizamento com as mãos, cotovelos e pés. Também podendo ser associada aos óleos essenciais. “É uma massagem bem completa. Um sucesso quando presenteada”, diz o Marcos Yshida, terapeuta do Kurma Spa. Marcos destaca que a massagem Ayurvédica estimula os músculos e a circulação, permitindo a liberação das toxinas do organismo. Além de ajudar com o estresse e ansiedade, promove um realinhamento postural, alívio de tensões e fortalece o sistema imunológico.

    4 – Massagem relaxante

    Tipos de massagem - relaxante
    Sorrasak Jar Tinyo/Getty Images

    Um dos principais objetivos da maioria dos tipos de massagem é ser relaxante. Pode até ter outros benefícios associados, mas dificilmente vai deixar de promover um relaxamento, mesmo que mínimo, em quem está recebendo a técnica. Assim, a massagem relaxante é uma das modalidades mais fáceis de ser reproduzidas em casa.

    O terapeuta ensina movimentos para aliviar a tensão dos ombros. “Na região dos ombros e trapézio, realize movimentos circulares com a ponta dos dedos e então comece a fazer pressão nos pontos mais duros, e deslizando para trás, como fazendo ondinhas até a região do pescoço. Faça isso de cinco a oito vezes.”

    Apesar dos benefícios, vale alertar que a automassagem e a massagem tradicional precisam ser feitas levando alguns pontos em consideração. São contraindicadas para pessoas que tenham feridas na pele (como os diabéticos), fraturas, pressão alta, câncer (exceto com orientação médica) e varizes.

  • Continua após a publicidade

  • FONTE ORIGINAL

    15 hábitos para melhorar sua imunidade

    15 hábitos para melhorar sua imunidade

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    Com uma grande quantidade de células, o sistema imunológico tem como função proteger o corpo de bactérias, vírus, doenças e outras coisas que afetam o corpo de uma forma ruim. Ele é a principal arma do nosso organismo para nos manter saudáveis (quando cuidado da maneira certa). Para que você possa evitar transtornos como resfriados e infecções constantes ou problemas de pele, cabelos fracos, fadiga ou cansaço (sintomas que podem estar entrelaçados com a imunidade baixa), separamos 15 hábitos para melhorar sua imunidade que podem ser mega uteis (principalmente em tempos de pandemia).

     

    HÁBITOS PARA MELHORAR SUA IMUNIDADE

    1. Cuidado com os excessos

    O equilíbrio é a chave para (quase) tudo nessa vida. Arthur Feltrin, médico especialista em Longevidade Saudável afirma “A prática excessiva de atividades físicas pode levar a uma queda na imunidade. Excesso no álcool, falta de sono, má alimentação, estresse, isso causa uma rotina desequilibrada que acaba ocasionando em uma má qualidade de estímulos.”

    2. Exercite-se

    Segundo Paulo Gentil, doutorado em ed. física e fundador da plataforma PERSON@LL, alguns exercícios eficazes são:

    • uma caminhada de meia hora em um ritmo moderado;
    • treinos de musculação com mais carga e poucas repetições (4 a 6) e intervalos mais longos entre as séries (2 a 3 min);
    • tiros bem curtinhos (10 seg ou menos) com descanso de pelo menos 8 vezes o tempo que passou em atividade.

    Treinos muito longos ou exaustivos e que geram elevado estresse metabólico deprimem a imunidade; enquanto os mais curtos, a estimulam

    “O que sabemos é que treinos muito longos ou exaustivos e que geram elevado estresse metabólico deprimem a imunidade; enquanto os mais curtos, a estimulam. Então, a orientação é fazer treinos de menos de 45 minutos e que não deixem você com aquela sensação de queimação nos músculos e tampouco ofegante.”

    3.  Evite a autoinoculação 

    Roy Hsu/Getty Images

    Ou seja, ato de levar as mãos aos olhos, nariz e boca. “O vírus entra no corpo pelas mucosas, por isso falamos de Zona T. Você faz um T na horizontal do seu rosto passando pelos dois olhos, e na vertical você passa pelo nariz e boca. Essa é a porta de entrada para o vírus. Se você não tiver contato com o vírus nessa região, você não se contamina. Quando uma pessoa respira perto de uma outra pessoa infectada, o vírus vem transmitindo por partículas no ar e entrando pelas mucosas. O vírus vive mais tempo em algumas superfícies sólidas do que no ar. No ar ele vai se precipitar ficando poucos minutos. Já nas superfícies sólidas, ele pode ficar por horas ou dias. Se você colocar a mão nessa superfície contaminada e coçar o olho, o nariz ou colocar a mão na boca, você pode acabar se infectando. Isso é a auto inoculação. Por isso, é importante limpar essas superfícies, os objetos, usar o álcool 70, lavar as mãos e até usar máscara”, diz Paulo.

    4. Hidrate-se!

    “O primeiro passo para fortalecer nossa imunidade é numa boa hidratação. A ingestão diária de água deve ser calculada de 35-40ml por kg de peso, chegando ao ideal para manter o corpo saudável”, recomenda Ranay Tavares, nutricionista.

    5. Fique de olho na sua alimentação 

    Uma alimentação variada e saudável, rica em frutas,  legumes e verduras e proteínas magras em quantidade adequada também contribuem para fortalecer o sistema imune

    “O corpo humano possui diversos mecanismos para se proteger de eventuais ataques de vírus, bactérias e micróbios que podem causar doenças. Os chamados anticorpos são parte do nosso sistema imune e, sem eles, sofreríamos muito mais com qualquer tipo de infecção. Todos os alimentos que consumimos e as condições às quais submetemos o nosso corpo podem melhorar ou prejudicar a nossa imunidade. Uma alimentação variada e saudável, rica em frutas,  legumes e verduras e proteínas magras em quantidade adequada também contribuem para fortalecer o sistema imune”, diz Ranay Tavares, nutricionista.

    6. Invista no magnésio

    “Magnésio é um mineral que exerce importante papel no fortalecimento do sistema imunológico. Principalmente  quando associado à outros micronutrientes, como: zinco, vitamina D e vitamina C.  Os principais alimentos fonte de magnésio são: salmão, sardinha, abacate, oleaginosas, semente de abóbora e as leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha, ervilha)”, comenta Luiza Lara, nutricionista.

    7. Cuidado com os industrializados 

    “Tudo o que não for considerado ‘comida de verdade’, se consumido com grande regularidade, pode comprometer nossas células de defesa e assim, prejudicar o sistema imunológico. Portanto, deve-se evitar alimentos embutidos e ultraprocessados (salsicha, linguiça, presunto, peito de peru, mortadela..), açúcar e farinhas refinadas (pães, bolos, biscoitos, doces), frituras.”

    8. Cuide de suas emoções

    “Se controlarmos melhor o nível de estresse e ansiedade que depositamos nos eventos , melhor será para nosso sistema imunológico. A ideia principal aqui è estar atento a quantidade de energia que coloco a disposição para realizar uma tarefa ou como reação a um determinado evento.”

    Continua após a publicidade

    Diz a Dra. Carla Guth, psicóloga.

    9. Permita-se ser mais flexível diante das tarefas, eventos e pressões do dia a dia. 

    Quando a pressão das tarefas diárias for pesada demais, respire fundo e pense “qual é a minha meta para hoje?”; “o que preciso fazer hoje?” Muitas vezes podemos perceber que algumas tarefas, podem sim, ser deixadas para depois.

    10.  Faça pausas

    “Faça-as entre as atividades, de forma que saia do automático e passe a focar no que está fazendo e como está reagindo frente a determinado evento. ” Diz a Dra. Carla Guth, psicóloga

    11. Cuide dos seus pensamentos e do que sente sobre eles.

    “Lembre-se que o estresse e ansiedade levaram nosso organismo a responder quimicamente”, diz Carla Guth, psicóloga. “Cuide das suas atitudes frente a situações, esteja atendo ao imediatismo”.

    12. Vitamina D, por favor! 

    uma mão fazendo o contorno do sol em uma área montanhosa
    daoudi aissa/ Unsplash/Reprodução

    Tome sol diariamente, se possível. Pois a Vitamina D é um fator importante para nossa imunidade.

    13. Cuide do seu sono

    “O estresse pode ser desencadeado por condições desfavoráveis em qualquer campo da vida além de levar a consequências físicas e emocionais. Ele leva a uma produção excessiva de cortisol que pode prejudicar a imunidade. Uma das atitudes frente ao estresse é a qualidade do sono, manter-se longe das telas antes de deitar, apostar em um ambiente escutei e tranquilo. Exercícios de respiração também podem ajudar”, diz Lívia Beraldo de Lima Basseres, psiquiatra e mestre em psiquiatria pelo Instituto de Psiquiatria pela Universidade de São Paulo.

    14. Perceba seu corpo diariamente

    “Note como reage aos alimentos, se está evacuando diariamente, se tem dores recorrentes. Observe-se e adapte-se para evitar as coisas que estão te fazendo mal”, diz Carla

    15. Peça ajuda quando precisar.

    Não, você não precisa passar por tudo sozinho. Ter uma boa rede de amigos e familiares próximos para te ajudar em momentos difíceis com apoio emocional pode sim ajudar a sua saúde e consequentemente, sua imunidade.

    “Atitudes simples e saudáveis no dia a dia, como tomar muita água, ter uma alimentação saudável contendo carboidratos, proteínas, vitaminas, sais minerais e gordura. A prática de exercício é uma das melhores saídas para a imunidade melhorar, fazer exercícios principalmente ao ar livre é uma ótima tática. Levar uma vida mais tranquila, sem estresse, com sono de qualidade, faz parte do conjunto de bem-estar que é necessário para a imunidade estar em dia”, aconselha Arthur.

     

  • Continua após a publicidade

  • FONTE ORIGINAL

    Receita de torta de coco low carb

    Receita de torta de coco low carb

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    Tem dias que bate aquela vontade de um docinho diferente, não é? Pensando neles, a chef Patrícia da Paz (@chefpatriciadapaz) montou uma receita de torta de coco low carb, um preparo que leva poucos carboidratos. Confira:

    Receita de torta de coco low carb

    Receita de torta de coco low carb
    @chefpatriciadapaz/Divulgação

    Ingredientes da massa:

    • 50g de farinha de linhaça;
    • 50g de farinha de arroz;
    • 100g de farinha de amendoim;
    • 50g de açúcar mascavo;
    • 50 ml de óleo de coco ou óleo vegetal.

    Ingredientes do recheio:

    • 300 ml de leite de coco;
    • 200 de coco fresco;
    • 50g de açúcar mascavo ou demerara;
    • 200 ml de água;
    • Noz-moscada a gosto.

    Modo de preparo da massa:

    Misturar os ingredientes secos, colocar o óleo de coco e misturar com a ponta dos dedos até formar uma farofa. Assim que sentir que todos os ingredientes estão incorporados, abra a massa em uma forma, de preferência que tenha o fundo removível. Leve para assar em forno preaquecido (180 graus) por cerca de 15 minutos. Retire após dourar e deixe esfriar. Reserve.

    Modo de preparo do recheio:

    Em uma panela, leve ao fogo o coco e o açúcar com metade da água. Deixe cozinhar em fogo baixo. Quando secar, mexa até sentir que começou a caramelizar (neste ponto, você decide se quer mais escuro ou claro). Adicione o restante da água e o leite de coco e deixe ferver mais um pouco até ficar cremoso. Desligue o fogo, acrescente a noz-moscada, deixe esfriar um pouco e quando estiver morno, cubra a massa já fria… Leve à geladeira por 2 horas.

  • Continua após a publicidade
  • FONTE ORIGINAL

    Treinos pós-Carnaval para você retomar o ritmo

    Treinos pós-Carnaval para você retomar o ritmo

    Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

    O feriadão passou, mas a vontade de voltar para a malhação ainda não? Isso é normal! Mas não desanime, preparamos um treinos pós-Carnaval para retomar a rotina.

    Os exageros do feriado desgastam o corpo, que precisa de um tempo para a recuperação antes de retornar às atividades do dia a dia normalmente. Contudo, isso não quer dizer que você deva ficar longe da academia durante esse período. A educadora física Cau Saad, de São Paulo, nos ensina o que priorizar no treino para não trazer muitos danos ao organismo.

    Se você bebe pouca água, tem uma má alimentação e dorme pouco, não adianta querer encarar um treino pesado. “Isso gera um estresse no organismo. E aí a pessoa sente cansaço, sonolência, dores nas articulações e fadiga muscular”, afirma Cau. O ideal é ir aos poucos. Organize-se e não esqueça da hidratação e alimentação equilibrada, combinadas com boas horas de sono!

    Mas vale reduzir a intensidade e volume do treino?

    Você deve. “E a progressão, ou seja, o aumento de carga ou intensidade, deve ser incluída gradualmente na rotina”, explica.

    Treinos pós-Carnaval

    Veja quais exercícios Cau Saad indica para retomar o ritmo de treino.

    1. Alongamento

    “Além de ajudar a relaxar os músculos, promove oxigenação das células e ainda melhora o desempenho na atividade física”. Veja uma séria completa idealizada pela educadora aqui.

    2. Caminhadas e trotes

    O exercício protege o coração, melhora o humor e não vai deixar você muito cansada. Uma boa alternativa é intercalar treino intervalado (alternando ritmos forte e fraco), terrenos com ladeiras (ou inclinação na esteira) e trote. Quer saber como? Veja uma planilha completa aqui.

    3. Séries de corda

    Mais um dos bons treinos pós-Carnaval, as séries de corda combinam economia de tempo com eficiência. Uma hora de corda queima até 720 calorias, contra 500 da corrida na esteira, em média. Inspire-se aqui.

    4. Intervalos ativos em formato circuitado

    “É uma ótima opção para suar e eliminar toxinas, liberar endorfina (hormônio que traz sensação de bem estar), limpar as artérias, e ficar com mais disposição”, explica Cau. Veja um feito no Instituto Cau Saad que queima até 680 calorias em 30 minutos aqui.

  • Continua após a publicidade

  • FONTE ORIGINAL