Carros híbridos plug-in poluem mais do que anunciam, diz entidade ecológica

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Green NCAP, entidade europeia que avalia o impacto ambiental de automóveis, realizou um teste com três carros híbridos de plug-in (PHEVs) para verificar seus graus poluentes. Os veículos testados foram: Kia Niro, Mitsubishi Outlander e Toyota Prius e o resultado mostrou grande disparidade entre os modelos.

O pior resultado, em questão de impacto ambiental, foi o Mitsubishi Outlander, com apenas duas estrelas. O Kia Niro PHEV ficou no meio, com 3,5 estrelas. Já o carro hibrido da Toyota foi considerado o mais eficiente, com pontuação de quatro estrelas no total. O veículo alcançou 6 pontos em energia limpa, 8,3 em eficiência energética e 7 em redução dos gases de efeito estufa.

O presidente da Euro NCAP, Niels Jacobsen, explica que ainda serão necessários mais testes para garantir as informações necessárias aos clientes e garantir uma escolha mais assertiva na hora da compra.

Poluição

Em novembro do ano passado, a Transpost and Enviroment, ONG de pesquisa em mobilidade europeia, já havia divulgado um estudo sobre a poluição dos carros híbridos plug-in. Foram realizados testes nos três carros híbridos mais populares de 2020:  BMW X5 , o Volvo XC60 e o Mitsubishi Outlander. Os resultados mostraram que os veículos podem emitir até 89% mais gás carbônico do que as propagandas vendiam.

Teste realizado com os três carros híbridos mais populares de 2020 (Fonte: Transpost&Enviroment)

FONTE ORIGINAL

Recomendado Posts

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *