Bolsonaro volta a criticar Castello Branco e política salarial da Petrobras

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O presidente também disparou críticas à política salarial dos executivos da estatal e voltou a criticar o atual presidente da empresa, Roberto Castello Branco

Em conversa com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada, nesta segunda-feira, dia 22, o presidente Jair Bolsonaro disse que não vai interferir na política de preços da Petrobras dois dias após ter trocado o comando da empresa. “Ninguém vai interferir na política de preços da Petrobras”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro também voltou a criticar o atual presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmando que ele está há 11 meses “em casa sem trabalhar”. Castello Branco está atuando remotamente por causa da Covid-19. Bolsonaro também disparou críticas à política salarial dos executivos da estatal.

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.
  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.


Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser
  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
  • Edição impressa mensal.
  • Frete grátis


Assine

palheta smll

4080360

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *