Bolsonaro reúne embaixadores para celebrar ‘acordo de paz’ entre Israel e Emirados Árabes

0
12

Bolsonaro reúne embaixadores para celebrar ‘acordo de paz’ entre Israel e Emirados Árabes

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu neste domingo (4) com embaixadores para celebrar o acordo de paz entre Israel e países árabes, feito no mês passado com mediação do governo dos Estados Unidos.

O almoço com embaixadores foi realizado na casa de um dos filhos do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Uma foto do encontro, em que todos dão as mãos, foi publicada nas redes sociais.

Foram reunidos os embaixadores Todd Chapman (EUA), Yossi Shelley (Israel), Bader Al-Hulaiabi (Bahrein) e Saleh Alsuwaidi (Emirados Árabes Unidos). O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o assessor da Presidência para Assuntos Internacionais, Filipe Martins, também participaram do almoço.

O acordo de normalização das relações entre Israel, os Emirados Árabes Unidos e o Bahrein foi assinado em 15 de setembro na Casa Branca, após mediação do presidente dos EUA, Donald Trump.

Estes foram os primeiros acordos entre Israel e países árabes desde os tratados de paz com o Egito e a Jordânia, em 1979 e 1994, respectivamente.

Durante o encontro, Bolsonaro celebrou o recente acordo e discutiu com os embaixadores “os próximos passos para acordos de paz no Oriente Médio”, informaram fontes do Itamaraty e do Palácio do Planalto à CNN Brasil.

O governo Bolsonaro vinha sendo criticado por sua aproximação com Israel, devido à possível retaliação comercial ao Brasil por parte dos países árabes. 

Nos bastidores, no entanto, auxiliares presidenciais dizem que os acordos “confirmam” a previsão do Planalto de que os países árabes não só iriam esfriar as tensões, como se aproximar, informa a CNN.

“O churrasco é uma celebração dos acordos, do momento das relações com esses países e uma oportunidade de discutir próximos passos nos acordos de paz do Oriente Médio”, disse um auxiliar de Bolsonaro à coluna de Igor Gadelha, da CNN.

FONTE ORIGINAL

0 0 vote
Deixa sua avaliação aqui
Comentários
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários