quinta-feira, outubro 29, 2020
Início Site

This Is Us (4) e mais novidades do Amazon Prime Video em novembro | Aplicativos e Software

0

This Is Us (4) e mais novidades do Amazon Prime Video em novembro | Aplicativos e Software

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Tecnoblog avisa com antecedência os lançamentos da Netflix para você se programar e não perder as estreias de filmes inéditos no catálogo e séries originais. Veja também as novidades do Amazon Prime Video em novembro no Brasil, incluindo as séries originais Amazon The Pack e Súbete a Mi Moto, os filmes nacionais de comédia Os Espetaculares, Carlinhos e Carlão e No Gogó do Paulinho, e a temporada 4 de This is Us.

Amazon Prime Video, registrar dispositivo / Glenn Carstens Peters / Unsplash

Observação:

De acordo com a Amazon, diante da atual pandemia e focados na saúde e segurança daqueles que trabalham com dublagem, algumas opções de áudio não estarão disponíveis em português. Existindo apenas a opção de legenda no idioma brasileiro.

Novidades do Amazon Prime Video em novembro

Diferente do catálogo americano da Amazon, que divulga uma lista com dezenas de títulos novos, o Amazon Prime Video recebe updates bem mais modestos no Brasil. Mas, se você acompanha, sabe que as listas estão cada vez maiores e interessantes.

Veja as datas das estreias.

Séries que chegam ao Amazon Prime Video em novembro

Preacher (Temporada 4)

Baseada na HQ de Garth Ennis e Steve Dillon, a série conta a história de Jesse Custer (Dominic Cooper), um ex-pastor do Texas que acaba recebendo, através de uma entidade misteriosa, o poder divino de fazer com que qualquer um o obedeça. Acompanhado de sua ex-namorada Tulip (Ruth Negga) e do vampiro irlandês Cassidy (Joe Gilgun ), Jesse vai atrás de Deus, que abandonou o paraíso.

De Brutas, Nada (Temporada 1)

Após a traição do noivo, Cristina procura uma colega para dividir as despesas de seu apartamento. Então, ela conhece Alejandro e, graças às suposições que faz, tem certeza que ele é gay e, portanto, o candidato perfeito. Cristina e Alejandro passam a se envolver em uma teia de mentiras, que acabam sendo reveladas. Cristina, furiosa, planeja como tirá-lo de sua vida, mas enfrenta outro grande problema: os dois estão completamente apaixonados um pelo outro.

Impuros (Temporada 2)

No Rio de Janeiro dos anos 1990, em um território conflagrado por problemas sociais e onde a oportunidade do crime é muito tentadora, o jovem Evandro do Dendê (Raphael Logam) enfrenta as complexidades do mundo do tráfico e a relação complicada com a própria mãe. Ele decide vingar a morte do irmão e mata os responsáveis pelo tal assassinato, ganhando notoriedade dentro da hierarquia do comando.

Alex Rider (Temporada 1)

Alex Rider é um adolescente de Londres que, sem saber, foi treinado desde a infância para fazer parte do perigoso mundo da espionagem. Pressionado para ajudar a investigar a morte de seu tio e como ela se conecta ao assassinato de dois bilionários de alto nível, Alex relutantemente assume uma nova identidade e se disfarça em um internato remoto chamado Point Blanc. Isolado bem acima da linha da neve nos Alpes franceses, Point Blanc afirma colocar os filhos adolescentes problemáticos dos ultra-ricos de volta no caminho certo. À medida que Alex se aprofunda em sua investigação, descobre que os estudantes são, de fato, objetos de um plano perturbador que ele terá que arriscar sua vida para parar.

Pete The Cat (Temporada 2 – Parte 3)

O adorável e descolado Pete é um gato que, junto com seus amigos, experimenta os desafios e as mudanças do dia-a-dia da forma mais proveitosa possível. Com seu guia para uma vida empolgante, ele ensina a arrasar na guitarra e até mesmo a andar de skate. Com canções originais de Elvis Costello e Diana Krall, a série é baseada no livro infantil de James Dean, campeão de vendas segundo o New York Times. A série é de Jeff Marsh , criador de Phineas e Ferb e A Lei de Milo Murphy, e tem no time de roteiristas, além de Dean, Josh Saltzman e Craig Carlisle.

Dignidad (Temporada 1)

Ambientada no sul do Chile, Dignidad é baseada em fatos reais e conta a história de um misterioso culto germânico chamado “Colonia Dignidad”, fundado pelo ex-soldado nazista desaparecido Paul Schaefer. O culto torturou e abusou de crianças no seu complexo secreto durante décadas. Agora, com a saída do ditador chileno Pinochet do poder, Leo Ramírez, um jovem advogado federal (e também vítima de abusos na Colonia Dignidad), quer levar Schaefer à justiça.

This Is Us (Temporada 4)

A quarta temporada da série segue a história da família Pearson, que começa em 1979, no dia que os trigêmeos Kevin (Justin Hartley), Kate (Chrissy Metz) e Randall (Sterling K. Brown) chegam em casa da maternidade. Revelações sobre os pais Jack (Milo Ventimiglia) e Rebecca (Mandy Moore) surgem nos momentos de amor, mas também de dor, e moldam para sempre a vida de todos.

The Pack (Temporada 1)

The Pack é uma série que celebra o vínculo inigualável entre cães e seus companheiros humanos. Estrelado pela medalhista de ouro olímpica Lindsey Vonn e sua coanfitriã canina Lucy, o programa apresenta 12 equipes de cães e seus donos em uma aventura épica passando por vários continentes. Está em jogo um prêmio em dinheiro que mudará a vida da dupla vencedora (500 mil dólares) e de uma instituição de caridade para animais escolhida pelo vencedor (250 mil dólares).

The Pack (Imagem: Divulgação/Amazon)

The Pack (Imagem: Divulgação/Amazon)

Stumptown (Temporada 1)

Em Stumptown, Dex Parios (Cobie Smulders) é uma veterana do exército forte e perspicaz, com uma vida amorosa complicada, dívidas de jogo e um irmão para cuidar em Portland, Oregon. Suas habilidades de inteligência militar fazem dela uma investigadora muito competente, mas sua personalidade durona acaba atrapalhando o relacionamento com a polícia.

Súbete A Mi Moto (Temporada 1)

Em 1977, na pequena cidade de Caguas, em Porto Rico, um empresário ambicioso e habilidoso chamado Edgard Díaz criou o grupo Menudo, que serve como base para as boy bands que existem até hoje. Com drama, paixão, momentos incríveis e canções antológicas que enquadram cada episódio, Súbete A Mi Moto contará uma aventura de proporções épicas: a história do fenômeno juvenil que revolucionou para sempre a música pop latina. Com quinze episódios de 60 minutos, Súbete A Mi Moto foi gravada no México e Porto Rico.

A série é estrelada por Yamil Ureña e Braulio Castillo como Edgard Díaz, Sian Chiong como Joselo Vega, Marisol Calero como Doña Panchi, Josette Vidal como Julieta Torres, e Rocío Verdejo como Renata Torres.

Súbete a mi moto (Imagem: Divulgação/Amazon)

Súbete a mi moto (Imagem: Divulgação/Amazon)

Filmes que chegam ao Amazon Prime Video em novembro

Survive The Night

Frank (Bruce Willis) é um ex-xerife que está com a sua família em casa durante a noite quando criminosos invadem a residência e obrigam Rich (Chad Michael Murray), filho de Frank que é médico, a operar um companheiro que está baleado. Caso o bandido morra, todos na casa serão mortos.

Os Espetaculares

Da mesma produtora de Vai que Dá Certo e do diretor de Minha Mãe é uma Peça, André Pellenz, Os Espetaculares é estrelado por Paulo Mathias Jr. e chega ao serviço em 05 de novembro. O filme segue a história de Ed Lima (Paulo Mathias Jr), um comediante de stand up egocêntrico que decide participar de um concurso de trio cômico para escapar da prisão e voltar aos palcos. Para tal, se junta a um lunático, uma nerd e a um sonhador. Rafael Portugal, Luísa Perissé e Victor Meyniel fazem parte do elenco.

A Monster Calls

O filme conta a história de Conor (Lewis MacDougall), um garoto de 12 anos que precisa lidar com a doença de sua mãe (Felicit Jones), uma avó nada simpática (Sigourney Weaver) e colegas da escola que praticam bullying. O garoto encontra um aliado no meio disso tudo: um monstro que aparece na janela do seu quarto. Ancião, selvagem e implacável, o Monstro guia Conor em uma jornada sobre coragem, fé e verdades.

Carlinhos & Carlão

Carlinhos e Carlão é protagonizado por Luis Lobianco e estreia com exclusividade no Prime Video em 12 de novembro. Carlão (Lobianco) trabalha em uma concessionária, acha que sabe tudo de mecânica e futebol e está sempre no bar com os amigos, em meio a conversas machistas e piadas homofóbicas. A compra de um armário, vendido por Evaristo (Luis Miranda), muda sua rotina e o transforma. A partir daí, surgem dois personagens: de dia, o machão Carlão, à noite, Carlinhos, simpático, talentoso e divertido. A direção é de Pedro Amorim e Thiago Rodrigues , Suzy Brasil , Marcelo Flores, Pedro Monteiro e Thati Lopes completam o elenco.

Nekrotronic

Um homem tem sua vida mudada da noite para o dia quando descobre que é parte de uma seita secreta de seres mágicos chamada Nekromancers. Caçadores de forças sobrenaturais malignas, os Nekromancers lutam contra seres demoníacos que usam aplicativos e redes sociais para possuir pessoas.

Cucuy: The Boogeyman

Quando crianças começam a desaparecer na cidade de Glimmer Peak, sem testemunhas, sem evidências e sem conexão perceptível entre as crianças desaparecidas, uma adolescente rebelde em prisão domiciliar começa a investigar a fundo e suspeitar que um mal legendário, um bicho-papão conhecido como Cucuy, pode ser o responsável.

No Gogó Do Paulinho

Estrelada por Maurício Manfrini, a comédia inédita No Gogó do Paulinho chega ao serviço em 19 de novembro. No filme, Paulinho Gogó (Maurício Manfrini) narra suas histórias em um banco de praça enquanto aguarda a chegada da sua amada Nega Juju (Cacau Protásio ). Ele relembra a infância pobre; os bicos que fez na vida, inclusive no jogo do bicho; o tempo no Exército; as confusões em que conheceu seus amigos Chico Virilha, Biricotico, Helinho Gastrite e Celso Bigorna; e, claro, as idas e vindas no relacionamento com Juju.

Under The Silver Lake

Sam (Andrew Garfield) é um desencantado de 33 anos que descobre uma mulher misteriosa, Sarah (Riley Keough), brincando na piscina de seu apartamento. Quando ela desaparece, Sam embarca em uma busca surreal por Los Angeles para decodificar o segredo por trás do desaparecimento, levando-o às profundezas mais sombrias do mistério, escândalo e conspiração na Cidade dos Anjos.

Mortal Engines

A Terra está destruída e para sobreviver as cidades se movem em rodas gigantes, conhecidas como Cidades Tração, e lutam com outras para conseguir mais recursos naturais. Uma jovem misteriosa, Hester Shaw, surge como a única que pode impedir uma cidade gigante e predadora sobre rodas que está devorando tudo em seu caminho. Feroz e impulsionada pela memória de sua mãe, Hester une forças com Tom Natsworthy, um exilado de Londres, junto com Anna Fang, uma perigosa fora da lei com uma recompensa por sua cabeça.

Uncle Frank

Em 1973, a adolescente Beth Bledsow (Lillis) deixa sua casa interiorana para estudar na Universidade de Nova York, onde seu amado tio Frank (Bettany) é um reverenciado professor de literatura. Ela logo descobre que Frank é gay e que ele vive há muito tempo com o parceiro Walid “Wally” Nadeem (Peter Macdissi) – um relacionamento que se desenrola em segredo há anos. Depois da morte inesperada do pai de Frank, avô de Beth, o professor é forçado a voltar para casa com Beth, tendo que enfrentar um trauma enterrado que assombrou sua vida adulta inteira.

Locas Por El Cambio

Locas Por El Cambio é um filme Original Amazon e conta a história de Paula, que teve uma vida cheia de privilégios que a levaram a se sentir acomodada, mas insatisfeita com sua vida, e de Paulina, que experimentou o contrário e se sente sobrecarregada com as responsabilidades da vida moderna. Tudo vai mudar um dia, quando elas se colocarem no lugar uma da outra e descobrirem que nem tudo é o que parece.

Hacksaw Ridge

O filme traz a história do médico do exército americano Desmond T. Doss, que serviu na ala médica durante a Batalha de Okinawa, na Segunda Guerra Mundial, e salvou cerca de 75 homens. Doss se recusava a pegar em armas e se tornou o primeiro homem na história americana a receber a Medalha de Honra sem disparar um tiro.

Lion

Em 1986, Saroo era uma criança de cinco anos na Índia de uma família rural pobre, mas feliz. Em uma viagem com seu irmão, Saroo logo se encontra sozinho e preso em um trem que o leva a Calcutá, a 1.600 quilômetros de casa. Agora, totalmente perdido em um ambiente urbano estranho e muito jovem para se identificar às autoridades, Saroo luta para sobreviver como uma criança de rua até ser mandado para um orfanato.

Logo, Saroo é selecionado para ser adotado pela família Brierley na Tasmânia, onde ele cresce em uma casa próspera e amorosa. No entanto, apesar de toda a sua boa sorte material, Saroo se vê atormentado por suas memórias de sua família perdida na idade adulta e começa uma jornada para procurá-los.

Novidades de novembro no Prime Video Channels

Starzplay

Ray

O filme conta a turbulenta história do gênio musical Ray Charles (Jamie Foxx), deficiente visual desde a infância, após testemunhar a morte acidental de seu irmão mais novo. Ao revolucionar o modo como as pessoas apreciam música, ele simultaneamente luta contra a segregação racial em casas noturnas que o lançaram como artista. A audácia e o talento incomparável do músico o transformou em um fenômeno nas turnês e nos estúdios, mas drogas, mulheres e lembranças ruins afetaram muito a sua vida pessoal.

Gangs of London

Com roteiro e direção de Gareth Evans, a série é ambientada na Londres contemporânea, à medida que é dilacerada pelas lutas de poder envolvendo várias gangues internacionais. O drama começa quando o chefe de uma gangue criminosa é assassinado e o vácuo de poder ameaça a frágil paz entre as outras organizações do submundo. A produção conta com Joe Cole e Sope Dirisu como protagonistas.

MGM

The Hobbit: An Unexpected Journey

Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf (Ian McKellen). Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug. No meio do caminho encontram elfos, trolls e, é claro, a criatura Gollum (Andy Serkis) e seu precioso anel.

The Hobbit: The Desolation

Ao lado de um grupo de anões e de Gandalf, Bilbo segue em direção à Montanha Solitária, onde deverá ajudar seus companheiros a retomar a Pedra de Arken. O problema é que o artefato está perdido em meio a um tesouro protegido pelo temido dragão Smaug.

The Hobbit: The Battle of the Five Armies

O dragão Smaug lança sua fúria ardente contra a Cidade do Lago, que fica próxima da montanha de Erebor. Bard (Luke Evans) consegue derrotá-lo, mas, rapidamente, sem a ameaça do dragão, inicia-se uma batalha pelo controle de Erebor e sua riqueza. Os anões, liderados por Thorin (Richard Armitage), adentram a montanha e estão dispostos a impedir a entrada de elfos, anões e orcs. Bilbo Bolseiro e Gandalf tentam impedir a guerra.

E aí, o que você vai assistir das novidades do Amazon Prime Video em novembro?

FONTE ORIGINAL

Pix começa a funcionar em fase restrita em 3 de novembro | Finanças

0

Pix começa a funcionar em fase restrita em 3 de novembro | Finanças

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Pix começará a funcionar em 16 de novembro, mas, antes disso, passará por uma espécie de “beta fechado”: o Banco Central confirmou que, a partir da próxima terça-feira (3), o sistema entrará em modo soft opening, ou seja, funcionará de modo restrito para alguns usuários.

A ideia é permitir que as instituições participantes possam testar as funcionalidades do Pix com um número limitado de usuários antes de o sistema efetivamente entrar em operação. Todas as 762 instituições aprovadas durante a etapa de adesão poderão fazer parte dessa fase.

Funcionará assim: no período entre 3 e 8 de novembro, cada instituição poderá selecionar entre 1% e 5% de sua base de clientes para que estes possam realizar transações via Pix. Entre os dia 9 e 15 de novembro, essa base poderá ser aumentada gradualmente.

Pix em aplicativo da Caixa (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Durante a operação restrita, os clientes selecionados poderão enviar e receber valores via Pix dentro dos seguintes horários:

  • Quintas-feiras: das 9:00 às 24:00
  • Sextas-feiras: das 0:00 às 22:00
  • Demais dias da semana: das 9:00 às 22:00

De acordo com o Banco Central, o horário mais amplo às sexta-feiras permitirá às instituições avaliar as operações em um formato próximo das 24 horas por dia de disponibilidade que o sistema terá.

Em 16 de novembro, a partir das 9:00, o Pix será liberado para os usuários de modo irrestrito, sem limite de horário.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) recomenda às instituições que selecionem para o soft opening clientes que sejam ativos na realização de pagamentos e que tenham cadastrado pelo menos uma chave Pix.

Somente os usuários selecionados poderão fazer pagamentos ou transferências durante a fase de operação restrita, mas todos os clientes que possuem conta em uma das 762 instituições autorizadas pelo Banco Central poderão receber valores via Pix. Para os recebedores que não tiverem chave Pix, bastará ao pagador informar os dados de sua conta manualmente (como se a transação fosse um TED ou DOC).

Por consistir em uma fase de avaliação, os clientes deverão ter ciência de que o período de operação restrita poderá apresentar instabilidades, falhas de conexão ou alguma demora na realização das transações (que, em circunstâncias normais, deverão ser concluídas em até 10 segundos), por exemplo.

Pudera: o soft opening servirá justamente para que problemas sejam identificados previamente e ajustes possam ser aplicados em tempo hábil.

FONTE ORIGINAL

Na boa, criança x tesoura só dá merda é imã. Quem tem criança aí sabe#humor #rir…

0

Na boa, criança x tesoura só dá merda é imã. Quem tem criança aí sabe#humor #rir…

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Na boa, criança x tesoura só dá merda é imã. Quem tem criança aí sabe💇🏻‍♂️💇🏻‍♀️🤭😂😂😂#humor #rirmelhorremedio
Atenção 🛑🛑🛑 só clique se quiser continuar rindo, clique aqui 👇🏽👇🏽👇🏽 https://www.instagram.com/rireomelhorremedio2020/

FONTE ORIGINAL

O homem que ensinou a Uber a pedir desculpas – 29/10/2020

0

O homem que ensinou a Uber a pedir desculpas – 29/10/2020

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Após reclamar de experiência ruim com Uber, economista John List foi convidado a ajudar empresa a encontrar formas mais eficientes de pedir desculpas.

Quando o Uber que ele tinha chamado foi para o destino errado, um professor levou sua reclamação às instâncias máximas— e aprendeu, assim, algo valioso sobre a ciência de se desculpar.

Em janeiro de 2017, John List faria um discurso de abertura em um prestigioso encontro de economistas. Pegou o celular e pediu um Uber para fazer a viagem de 30 minutos partindo de sua casa. Durante o trajeto, chegou a olhar pra fora quando o carro acelerava ao longo da Lake Shore Drive, nas margens do Lago Michigan, e avistou a cidade que se aproximava, com seu fabuloso horizonte de arranha-céus. Então abaixou a cabeça e voltou a trabalhar, no laptop, em sua palestra.

Cerca de 20 minutos depois, ele olhou para cima novamente, acreditando estar quase lá.

“Oh não!!”, gritou.

Ele estava de volta ao ponto de partida. Algo deu errado com o aplicativo, que instruiu a motorista a voltar para a casa do professor. Esta não queria incomodá-lo, pois ele estava muito concentrado em seu trabalho.

List estava compreensivelmente furioso. Mas o que o deixou mais indignado foi que a Uber nunca lhe enviou um pedido de desculpas.

Nem todo mundo que tem uma reclamação a fazer com a Uber tem acesso ao seu presidente-executivo, mas John List tinha, então ligou para Travis Kalanick naquela noite.

Kalanick ainda era o CEO da empresa; mais tarde, ele seria forçado a renunciar ao cargo devido à pressão dos acionistas após uma série de controvérsias sobre práticas da empresa, incluindo o tratamento de alegações de assédio sexual.

Depois que List contou a história e desabafou um pouco, Kalanick fez a seguinte pergunta: “Como o Uber deve se desculpar quando esse tipo de problema ocorre? Qual é a melhor maneira de manter os clientes leais, mesmo quando eles tiveram uma experiência horrível?”

Na verdade, são perguntas que toda empresa tem interesse em saber a resposta. E John List estava em uma posição singular para descobri-la.

Não são muitas as pessoas com a origem de John List que tornam acadêmicos de destaque. Ele cresceu em uma família da classe trabalhadora em Sun Prairie, a nordeste da capital de Wisconsin, Madison. Seu pai era motorista de caminhão e esperava que o filho entrasse no negócio da família.

Mas John tinha outras ideias. Seu sonho era se tornar um jogador de golfe profissional e, graças a uma bolsa de estudos para atletas do esporte ele conseguiu bancar a faculdade. Ali, descobriu duas coisas: primeiro, que ele não era tão bom no golfe como pensava e, segundo, que era fascinado por economia.

Ele agora faz parte do corpo docente de economia de uma das melhores universidades da América, a Universidade de Chicago.

Mas, há alguns anos, ele também tem feito um trabalho paralelo. Primeiro, porque a Uber o contratou para ser seu economista-chefe e, depois que ele deixou a empresa, ingressou em outro aplicativo de motoristas, o Lyft, no qual ocupa o cargo equivalente.

John List ligou para Travis Kalanick, que era o CEO da empresa

Imagem: Danish Siddiqui/Reuters

Sem dúvida, o trabalho é generosamente remunerado, mas para John List tem outro apelo: para os geeks de dados, os aplicativos de automóveis são como minas de ouro— só nos Estados Unidos, antes da pandemia, havia dois milhões de motoristas do Uber, fazendo dezenas de milhões de viagens por semana.

John List passou sua carreira estudando o comportamento econômico no mundo real, então trabalhar com a Uber “foi um sonho que se tornou realidade”. Com essa abundância de informações, ele poderia analisar todos os tipos de preferências do consumidor: de que tipo de carro as pessoas gostam, a distância e o horário que costumam viajar, como reagiram a uma mudança no preço das tarifas. Ele também poderia aprender a melhor maneira de se desculpar.

Seu primeiro passo foi olhar o que aconteceu com usuários do aplicativo depois de uma viagem que demorou muito mais do que o aplicativo havia previsto inicialmente. O aplicativo pode prever, por exemplo, que uma viagem levaria nove minutos e acabar levando 23 minutos.

Ao analisar os números, ele e seus colaboradores descobriram que os passageiros que experimentaram uma viagem tão ruim gastam até 10% menos no Uber no futuro. Isso representa uma perda significativa de receita para o aplicativo.

O próximo passo foi apresentar uma variedade de pedidos de desculpas e testá-las aleatoriamente com aqueles que haviam passado por uma viagem dessas.

Acontece que existe uma espécie de ciência da desculpa. Cientistas sociais— psicólogos em particular— estudaram que tipos de desculpas funcionam. Mas John List tinha uma grande vantagem; ele realmente poderia medir o impacto.

“Notamos que sua viagem demorou mais do que prevíamos e sinceramente pedimos desculpas”: é o que ele chama de um “pedido de desculpas básico”.

Um pedido de desculpas mais sofisticado envolve a admissão de que a empresa errou. Outro tipo de pedido de desculpas envolve um compromisso, como “tentaremos garantir que isso não aconteça novamente.”

Em nome da Uber, John List testou todos eles. Além do mais, com algumas dessas desculpas, a empresa ofereceu um desconto de US$ 5 (equivalente a R$ 28) na viagem seguinte. No experimento, também houve um grupo de clientes que não recebeu nenhum pedido de desculpas.

O resultado foi surpreendente. Sozinhas, as desculpas em qualquer forma se mostraram ineficazes. Mas um pedido de desculpas junto com o cupom de desconto manteve muitas pessoas leais. “Assim, acabamos trazendo milhões de dólares de volta ao aplacar os consumidores com um pedido de desculpas e um desconto.”

O que os consumidores querem, ao que parece, é que uma empresa demonstre seu remorso ao aceitar uma perda financeira. Mas olhando mais a fundo nas estatísticas, List percebeu que até mesmo esse dispositivo deixava de funcionar se houvesse uma segunda ou terceira viagem muito ruim. Na verdade, um segundo ou terceiro pedido de desculpas parecia afastar ainda mais os clientes.

Essas informações são valiosas para a Uber e também para outras empresas.

Muitos economistas sentam em suas mesas e fazem previsões sobre a atividade econômica com base em modelos. O que torna John List um pouco incomum para um economista é que ele gosta de testar teorias no mundo real. Ele conduziu experimentos da Tanzânia à Nova Zelândia, da China a Bangladesh.

Os vastos conjuntos de dados digitais mantidos pelo Uber e outros aplicativos de automóveis permitiram que ele identificasse certas peculiaridades no comportamento humano que outros economistas podem não ter descoberto.

Por exemplo, quando você pede um Uber, você nunca sabe se terá um motorista do sexo masculino ou feminino, então você pode esperar que os motoristas do sexo masculino e feminino ganhem o mesmo. Mas, na verdade, os motoristas do sexo masculino ganham cerca de 7% a mais por hora do que as mulheres. Chocado com essa disparidade, List começou a tentar descobrir o motivo disso.

Ele encontrou várias explicações. Uma delas é que as mulheres tendem a ficar mais sobrecarregadas com as responsabilidades com os filhos, portanto, há menos motoristas mulheres disponíveis em horários lucrativos, como início da manhã e fim da tarde. Mas, de longe, o fator mais importante acaba sendo a velocidade: motoristas homens de Uber dirigem em média cerca de 2,5% mais rápido do que as mulheres que dirigem Uber, então eles fazem mais viagens por hora.

Essa não é a única diferença relacionada a gênero.

Por achar que isso deixaria os motoristas do Uber mais felizes, List convenceu o conselho da empresa a adicionar uma função de gorjeta (colocar a Uber em linha com outros aplicativos de carro). E aí, pode estudar o comportamento de dar gorjetas.

Para cada US$ 4 que as mulheres dão de gorjeta, descobriu-se, os homens dão cerca de US$ 5. Além disso, as mulheres motoristas recebem mais gorjetas do que os homens— exceto quando essas mulheres têm 65 anos ou mais. Acho que podemos interpretar isso como mais uma evidência da superficialidade masculina.

O estudo do comportamento econômico por meio de dados de aplicativos de carros foi chamado de Ubernomics— embora a caixa de brinquedos de dados de John List agora seja entregue a ele pela empresa Lyft, não pela Uber— e ele continua a produzir uma série de resultados fascinantes.

Analisando o comportamento dos usuários da Lyft, ele calculou recentemente o poder do que chama de “efeito do dígito à esquerda”. Cortar o preço de uma viagem de US$ 15,99 para US$ 15 tem praticamente o mesmo impacto na demanda do consumidor do que reduzi-la de US$ 15 para US$ 14,99.

Algumas das descobertas da Ubernomics, no entanto, não são surpreendentes. Os consumidores se preocupam com o preço: quanto menor o custo, maior a probabilidade de pedir um carro. Mas a análise de como usamos os aplicativos para carros também está revelando alguns dos preconceitos e idiossincrasias do comportamento econômico humano.

A propósito, se você decidir se tornar um motorista de Uber e achar que ser legal com o cliente terá um impacto significativo em sua receita, há más notícias. Receio que não. Mesmo quando os clientes avaliam um motorista 10% mais do que outro pela gentileza, diz John List, os dois recebem a mesma gorjeta.

FONTE ORIGINAL

Google Play Store testa comparador de apps para Android | Aplicativos e Software

0

Google Play Store testa comparador de apps para Android | Aplicativos e Software

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Google está testando uma espécie de comparador de recursos e funções entre aplicativos semelhantes na Play Store. A ideia é de introduzir uma ferramenta que pode auxiliar o usuário na hora de decidir se instala uma ou outra opção disponível na loja oficial de apps do Android.

Google Play Store (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Quem nunca entrou na Play Store e procurou um aplicativo pela função, não pelo nome? O resultado da busca por “media player” pode parecer caótico com a quantidade de resultados, com apps que parecem idênticos. Atualmente o usuário pode comparar cada resultado com base na avaliação de outras pessoas, ou lendo a descrição de recursos.

Um teste parece querer dar uma mãozinha neste momento, já que a Google Play Store começou a mostrar um comparador interno que é exibido dentro da página de um aplicativo. O recurso aparece logo após as informações do desenvolvedor – abaixo da área de comentários e avaliações.

Comparador de apps na Play Store (Imagem: reprodução/Android Police)

Comparador de apps na Play Store (Imagem: reprodução/Android Police)

Play Store compara até a facilidade de uso dos apps

Neste novo local, o gigante das buscas coloca alguns atributos que podem ser importantes na hora de escolher qual aplicativo baixar no Android. A lista começa com a quantidade de estrelas nas avaliações e número total de downloads, seguido de uma barra que indica quão fácil ou difícil é o uso do app.

No caso de reprodutor de mídia, o comparador também mostra se o aplicativo pode rodar vídeos, música ou fotos sem a necessidade de internet, se ele tem opção para algum tipo de streaming, quais resoluções são suportadas, além de informações adicionais como a habilidade de inserir legendas na reprodução, ou então rodar um vídeo em janela flutuante. Um detalhe importante deste comparador é que ele sempre exibe dois concorrentes ao mesmo tempo.

O teste foi encontrado na versão 22.4.28 da Play Store, mas não aparece para todos os usuários. Este tipo de exibição seletiva é comum em testes e o número de participantes tende a aumentar aos poucos.

Com informações: Android Police.

FONTE ORIGINAL

Carrefour Brasil muda posicionamento de negócio e lança aplicativo – 29/10/2020

0

Carrefour Brasil muda posicionamento de negócio e lança aplicativo – 29/10/2020

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

(Reuters) – O Carrefour Brasil anunciou nesta quinta-feira novo posicionamento de negócio para todos os formatos no país, que inclui o lançamento do novo aplicativo Meu Carrefour, com um programa de recompensas.

“Estamos em um novo momento para o setor de varejo”, afirmou Luis Moreno, presidente-executivo do Carrefour Varejo.

A mudança permitirá que consumidores tenham acesso a ofertas por períodos mais extensos em todas as categorias, além das ações fixas, para que os clientes escolham sua cesta de compras.

O aplicativo inclui a funcionalidade “Minhas Recompensas”, conectado a todos os formatos de lojas do grupo (hipermercado, market, bairro, postos e drogarias, além do ecommerce).

“Os clientes poderão acumular moedas e trocá-las por inúmeros benefícios, seja em vouchers de desconto para as compras ou para com parceiros do programa, como O Boticário, Outback, Mobly, Chilli Beans e Cornershop.”

Ainda neste ano, o novo aplicativo integrará uma opção de experiência autônoma em 30 lojas Carrefour Express. A ideia é que o consumidor use o celular para ler o código de barras dos produtos e finalize o pagamento direto no aplicativo, integrado ao Banco Carrefour.

(Por Paula Arend Laier)

FONTE ORIGINAL

BioWare demonstra a versão renovada de Anthem | Jogos

0

BioWare demonstra a versão renovada de Anthem | Jogos

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Anthem ainda não morreu. O jogo da EA lançado no início de 2019 passa por uma repaginada completa e agora a produtora BioWare começou a mostrar o que os fãs podem esperar. Ainda sem lançamento previsto, a nova versão do game parece estar bem diferente, a começar pelo visual e organização de menus.

Anthem será repaginado para uma nova tentativa (Imagem: BioWare)

Em Anthem 2.0, como está sendo chamada esta atualização, o jogo vai expandir bem mais as opções de personalização de cada guerreiro e armaduras.

Lembrando que Anthem é um jogo de tiro em terceira pessoa baseado em missões. O diferencial é que os jogadores utilizam armaduras em campo, chamadas de Lanças, de tamanhos e habilidades variadas, capazes de aniquilar monstros e inimigos com seu arsenal.

Uma das grandes reclamações dos fãs, porém, era de que Anthem tinha pouca opção para modificar habilidades e tornar o game realmente interativo. Isso tornava a experiência um pouco vazia, limitada e não fazia o jogo durar muito.

Cada Lança agora pode subir de nível em três possíveis árvores de habilidade, com vários benefícios passivos e de batalha. Cada classe terá acesso também a um artefato poderoso para usar em combate.

A árvore de habilidade, por sua vez, possui um visual único, ênfase em “visual”, que te permite uma impressão mais clara do que está acontecendo na tela, como visto abaixo:

Exemplo de nova personalização de Anthem (Imagem: BioWare)

Exemplo de nova personalização de Anthem (Imagem: BioWare)

Espere também por melhor organização de menus e diferenciação de recompensas em Anthem, quando a atualização for lançada.

Mas quando chega?

Ainda não há qualquer previsão para o lançamento de Anthem 2.0, mas isso deve ocorrer em 2021. Quem cuida do atual desenvolvimento, segundo a BioWare, é uma equipe pequena, que também trabalhou em Star Wars: The Old Republic.

Possivelmente a nova versão também terá melhorias gráficas para rodar nos novos consoles, PS5 e Xbox Series X/S.

Com informações: BioWare.

FONTE ORIGINAL

Sprites são vistos pela primeira vez em Júpiter; entenda

0

Sprites são vistos pela primeira vez em Júpiter; entenda

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Por meio da sonda espacial Juno, que orbita o planeta Júpiter, a NASA detectou, pela primeira vez, a presença de relâmpagos “sprite”. Esse fenômeno costuma ocorrer na Terra sempre que há uma tempestade, gerando uma explosão semelhante a um raio, incluindo sprites em forma de água-viva e discos brilhantes chamados de “elfos”.

Eles foram vistos pela primeira vez em 1989. Cientistas estimaram que outros planetas, como Júpiter, tinham incidência de raios e relâmpagos, podendo produzir eventos luminosos transitórios. Porém, nada havia sido visto até então. Através da sonda Juno, Júpiter é orbitado desde 2016, e os pesquisadores haviam notado algo “anormal” ultimamente.

Em entrevista coletiva concedida na última terça-feira, Rohini Giles, um dos pesquisadores que estão à frente de Juno, mencionou os eventos vistos em Júpiter ultimamente: “quando estávamos juntando as imagens, percebemos que, ocasionalmente, vimos surpreendentes flashes brilhantes de curta duração”.

Na Terra, de acordo com Giles, os sprites acontecem quando um raio produz um campo quase eletrostático de altitude elevada, sendo visível na cor vermelha. Em Júpiter, porém, eles podem ser vistos de forma diferente: “A atmosfera superior consiste principalmente de hidrogênio, então eles aparecem em azul ou rosa”.

O pesquisador diz que a descoberta de sprites em Júpiter é algo que motiva a equipe a encontrar eventos semelhantes: “Agora que sabemos o que queremos, será mais fácil de achá-los em Júpiter e em outros planetas. Comparar sprites e elfos de Júpiter com os da Terra nos ajuda a entender a atividade elétrica na atmosfera”.

FONTE ORIGINAL

LG K52, K62 e K62+ são lançados no Brasil com preços a partir de R$ 1.499

0

LG K52, K62 e K62+ são lançados no Brasil com preços a partir de R$ 1.499

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A LG lançou nesta quinta-feira (29) três smartphones da linha K no Brasil: LG K52, K62 e K62+ chegam para ampliar o portfólio de aparelhos intermediários da empresa no país, trazendo nas especificações tela de 6,6 polegadas, bateria de 4.000 mAh e resistência militar. O trio chega às lojas brasileiras por R$ 1.499 (K52), R$ 1.799 (K62) e R$ 2.099 (K62+). Eita!

Antes, vale notar que a LG alterou as nomenclaturas dos celulares no Brasil. Lá fora, os três produtos são conhecidos como LG K42, K52 e K62 e, por aqui, eles ficaram assim: LG K52, K62 e K62+, respectivamente (são os mesmos modelos, mas com nomes diferentes).

LG K52 e K62+ (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

LG K52 e K62: tela de 6,6 polegadas e bateria de 4.000 mAh

Os novos dispositivos da primeira fileira, K52 e K62, passaram por uma mudança no visual. Eles receberam quatro câmeras que agora estão agrupadas em um módulo retangular no canto superior esquerdo, estilo adotado também pela Samsung nos modelos intermediários e topos de linha.

O K52 tem uma lente principal de 13 megapixels e o K62 tem uma de 48 MP. Eles ainda contam com uma ultrawide de 5 megapixels com ângulo de visão de 115º, macro de 2 megapixels e um sensor de profundidade também de 2 megapixels. A frontal do LG K52 tem 8 MP, enquanto a do K62 tem 13 MP.

LG K52 (Imagem: Divulgação/LG)

LG K52 (Imagem: Divulgação/LG)

Ambos saem de fábrica com tela de 6,6 polegadas com resolução HD+ e proporção 20:9, um pequeno upgrade em relação aos modelos anteriores da linha K. Estão presentes aqui o botão dedicado para o Google Assistente e a resistência militar que a fabricante sempre destaca. Leitor de impressões digitais na lateral, Bluetooth 5.0, entradas USB-C e para fones de ouvido também estão por aqui.

LG K62 (Imagem: Divulgação/LG)

LG K62 (Imagem: Divulgação/LG)

O K52 recebeu um processador MediaTek MT6762 octa-core de 2,0 GHz aliado a 3 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno. A versão intermediária trabalha com um MediaTek MT6765 octa-core de 2,3 GHz, 4 GB de RAM e memória interna de 64 GB, apenas. Todos aceitam cartão microSD de até 2 TB.

LG K62+ tem 4 GB de RAM e câmera frontal de 28 MP

LG K62 (Imagem: Divulgação/LG)

LG K62 (Imagem: Divulgação/LG)

O LG K62+ é o mais completo da família e bem mais caro. Ele tem os principais destaques do K52 e do K62, e entrega 4 GB de RAM e 128 GB de memória interna, ou seja, pode ser uma opção mais interessante para quem busca “mais desempenho” em relação aos outros modelos lançados hoje.

O outro diferencial aqui é a câmera de selfie, que tem 28 megapixels de resolução. Assim como o K52, essa opção mais cara traz dois flashes e uma traseira fosca lisa; a do K52 é ondulada.

O review completo dos três aparelhos será publicado em breve no Tecnoblog.

LG K52 – ficha técnica

  • Tela: 6,6 polegadas, resolução HD+ e proporção 20:9
  • Processador: MediaTek MT6762 octa-core de 2,0 GHz
  • RAM: 3 GB
  • Armazenamento: 64 GB, expansível por cartão microSD de até 2 TB
  • Câmera traseira quádrupla:
    • principal: 13 megapixels
    • ultrawide: 5 megapixels (115º)
    • profundidade: 2 megapixels
    • macro: 2 megapixels
  • Câmera frontal: 8 megapixels
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Sistema operacional: Android 10 (Q OS)
  • Conectividade: USB-C, 4G, Wi-Fi, Bluetooth 5.0 e NFC
  • Mais: leitor de digitais na lateral, botão dedicado à Google Assistente, MIL-STD 810G
  • Dimensões e peso: 165 x 76,7 x 8,4 mm, 186 g
  • Cores: verde, cinza e vermelho

LG K62 – ficha técnica

  • Tela: 6,6 polegadas, resolução HD+ e proporção 20:9
  • Processador: MediaTek MT6765 octa-core de 2,3 GHz
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 64 GB, expansível por cartão microSD de até 2 TB
  • Câmera traseira quádrupla:
    • principal: 48 megapixels
    • ultrawide: 5 megapixels (115º)
    • profundidade: 2 megapixels
    • macro: 2 megapixels
  • Câmera frontal: 13 megapixels
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Sistema operacional: Android 10 (Q OS)
  • Conectividade: USB-C, 4G, Wi-Fi, Bluetooth 5.0 e NFC
  • Mais: leitor de digitais na lateral, botão dedicado à Google Assistente, MIL-STD 810G
  • Dimensões e peso: 165 x 76,7 x 8,4 mm, 186 g
  • Cores: azul e vermelho

LG K62+ – ficha técnica

  • Tela: 6,6 polegadas, resolução HD+ e proporção 20:9
  • Processador: octa-core de 2,3 GHz
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 128 GB, expansível por cartão microSD de até 2 TB
  • Câmera traseira quádrupla:
    • principal: 48 megapixels
    • ultrawide: 5 megapixels (115º)
    • profundidade: 2 megapixels
    • macro: 2 megapixels
  • Câmera frontal: 28 megapixels
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Sistema operacional: Android 10 (Q OS)
  • Conectividade: USB-C, 4G, Wi-Fi, Bluetooth 5.0 e NFC
  • Mais: leitor de digitais na lateral, botão dedicado à Google Assistente, MIL-STD 810G
  • Dimensões e peso: 165 x 76,7 x 8,4 mm, 186 g
  • Cores: branco e azul celeste

FONTE ORIGINAL

Telecine abre sinal de streaming e canais na TV por assinatura | Telecomunicações

0

Telecine abre sinal de streaming e canais na TV por assinatura | Telecomunicações

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Telecine abriu o sinal dos seus canais na TV por assinatura entre 29 de outubro até o feriado de Finados, em 2 de novembro. A novidade está disponível para todas as operadoras de TV que possuem os canais da programadora. Além da programação linear, será possível acessar de graça o catálogo da plataforma de streaming Telecine Play.

Novidades no Telecine (Imagem: Reprodução/Telecine Play)

O sinal aberto contempla todos os seis canais lineares (Premium, Action, Touch, Fun, Pipoca e Cult). O acesso gratuito ao streaming será válido apenas para quem é assinante de TV paga. Quem não possui o serviço pode assinar o Telecine Play pela internet com degustação de 30 dias – após o período, a mensalidade é de R$ 37,90.

Durante a degustação, o Telecine aposta na exibição de alguns títulos, como Jojo Rabbit, Parasita, Ford vs. Ferrari, Minha Mãe É Uma Peça 3, Magnatas do Crime e Dolittle. O catálogo do Telecine Play pode ser conferido no site por não-assinantes, sem a necessidade de login.

Telecine custa até R$ 57,80 por mês na TV por assinatura

Fora do período de degustação, os canais Telecine são vendidos pela Claro, Vivo, Oi e Sky com valor mensal entre R$ 39,90 a R$ 57,80, dependendo da empresa. Também é possível assinar o Telecine junto com o Globoplay por R$ 49,90 mensais.

Os planos dão acesso a plataforma de streaming Telecine, que pode ser utilizada no computador, smartphone, smart TV, Apple TV, Roku e Xbox One.

FONTE ORIGINAL

Os mais acessados