Bitcoin cai 20% em 1 dia; desvalorização histórica de US$ 100 bi

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O Bitcoin enfrenta o segundo dia consecutivo de queda nesta terça-feira (23), logo após atingir seu maior valor registrado. A criptomoeda alcançou o maior preço histórico de US$ 58.332 no último domingo (21), perdendo em seguida cerca de 20% de seu valor em menos de 24 horas. Segundo analistas de mercado, a queda se dá por uma “correção de preço”, contudo, as razões pela medida ainda não estão totalmente claras.

O preço do bitcoin chegou a atingir o preço mínimo de US$ 47.780 nesta segunda-feira (22), efetivamente registrando uma perda de mais de US$ 10 mil em valor, sendo considerada uma queda diária histórica de acordo com os dados da CoinDesk. Embora a criptomoeda tenha “dado a volta por cima” parcialmente no mesmo dia, alcançando o piso de U$ 55.000, ela seguiu caindo e atingiu o preço mínimo de US$ 44.964 durante a manhã desta terça-feira (23).

Seguindo a instabilidade de seu valor, o Bitcoin também acabou perdendo cerca de US$ 100 bilhões em valor de mercado, considerando todas as unidades em circulação. Curiosamente, o fato ocorreu logo após atingir outro recorde recente: o valor de mercado mais alto registrado pela criptomoeda, acima de US$ 1 trilhão, na última sexta-feira (19). Parte dessa desvalorização se dá pelo maior volume de vendas em razão do alto valor registrado, contudo, outros fatores podem ter influenciado o mercado, como os tuítes de Elon Musknovamente.

Musk publicou uma sequência de opiniões não muito favoráveis sobre o Bitcoin na última sexta-feira (18), o que pode ter contribuído com a eventual queda. O CEO da Tesla afirmou que o valor da criptomoeda parecia “alto demais”, em uma discussão onde compara os criptoativos com moedas fiduciárias: “é quase a mesma besteira”. 

As afirmações podem ser consideradas controversas, já que a Tesla anunciou um investimento de US$ 1,5 bilhões em Bitcoins logo nas primeiras semanas de fevereiro — que já renderam mais de U$ 600 milhões em lucro desde então. O anúncio apenas confirmou a influência de Musk no mercado, já que logo em seguida o valor da criptomoeda resultou em uma alta que durou semanas e outras empresas também decidiram investir na categoria.

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *