Aplicativo descentralizado cria ‘loteria sem perdedores’ em blockchain

0
32

Aplicativo descentralizado cria ‘loteria sem perdedores’ em blockchain

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A indústria de loterias possui 29% de participação de toda a receita global dos jogos de azar, mercado que deve crescer 220,52 bilhões de dólares até 2024, segundo dados da Research and Markets. Mas com o crescimento da economia digital, o setor enfrenta desafios como a falta de transparência. E a tecnologia blockchain pode ser a solução.

À medida que o DeFi continuar a evoluir, surgirão aplicações financeiras criativas e disruptivas, democratizando a acessibilidade e removendo intermediários. A grande vantagem de se aplicar DeFi nas loterias é permitir a remoção da custódia do capital, que fica agrupado em um contrato inteligente (smart contract) na blockchain Ethereum.

Há poucos casos de uso da tecnologia blockchain no mercado de loterias e seu volume ainda é relativamente baixo. Entre as loterias em blockchain mais famosas pode-se destacar a PoolTogether, a Lotto Nation e a Fire Lotto.

A primeira é o maior destaque do setor, devido à sua associação com a plataforma do Compound, o que confere à ela uma transparência maior — tanto a Lotto Nation quanto a Fire Lotto estão mais focadas em negociar seus tokens nativos, enquanto a PoolTogether utiliza o sistema já estabelecido do projeto DeFi.

Criada por grandes empresas envolvidas na indústria blockchain, como ConsenSys, IDEO, DTC Capital, Parafi Capital, entre outras, os apostadores da PoolTogether não perdem nunca. Ela funciona como uma espécie de poupança de criptoativos, na qual os rendimentos são sorteados para um único participante.

O projeto não tem fins lucrativos, tem código aberto e foi desenvolvido como forma de incentivar o uso de plataformas DeFi.

FONTE ORIGINAL

Deixe uma mensagem para esse post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui