A variante sul-africana da covid-19 é mais perigosa? Não é bem assim

A variante sul-africana da covid-19 é mais perigosa? Não é bem assim

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Por enquanto não há provas de que a cepa encontrada na África do Sul seja mais perigosa ou contagiosa do que a encontrada no Reino Unido

O ministro sul-africano da Saúde, Zwelini Mkhize, defendeu, em resposta a seu colega britânico, que não há provas de que a nova cepa do coronavírus identificada na África do Sul é mais perigosa ou contagiosa que a variante registrada no Reino Unido.

“Atualmente, não há provas de que a 501.V2 seja mais contagiosa que a variante do Reino Unido, como sugeriu o ministro britânico da Saúde”, afirmou Zwelini Mkhize em um comunicado.

“Também não há evidências de que esta provoque uma forma mais grave da doença ou aumente a mortalidade, em comparação com a variante do Reino Unido ou quaisquer das mutações identificadas em todo o mundo”, acrescentou.

Na quarta-feira, o ministro britânico da Saúde, Matt Hancock, disse que uma nova forma do vírus detectada na África do Sul era “altamente preocupante, porque é mais contagiosa e parece ter sofrido mais mutação que a identificada no Reino Unido”, e anunciou restrições de viagens entre os dois países.

As declarações “podem ter criado a percepção de que a variante sul-africana foi um fator importante na segunda onda no Reino Unido, o que não é o caso”, destacou Zwelini Mkhize em seu comunicado de Natal.

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.
  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.


Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser
  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
  • Edição impressa quinzenal.
  • Frete grátis


Assine

palheta smll

4040339

FONTE ORIGINAL

Compartilhe esse post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *