A omissão do governo na fuga dos presos



O governo federal contratou uma empresa em nome de um “laranja” para fazer obras na penitenciária federal em Mossoró, onde ocorreu a fuga de dois presos ligados ao Comando Vermelho, na semana passada. 

A informação é do Estadão, que afirma que “a companhia tem faturamento anual de 195 milhões de reais, mas seu dono, no papel, é um beneficiário do auxílio emergencial que mora na periferia de Brasília”.

Ainda segundo a reportagem, o contrato foi assinado em abril de 2022, quando Anderson Torres era ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro (PL). Depois, em abril de 2023, ele foi prorrogado durante a gestão de Flávio Dino, então titular da pasta no governo Lula. 

Os contratos foram firmados por meio dos respectivos setores que cuidam de presídios no ministério, sem a participação direta dos ex-ministros, de acordo com o jornal.

Felipe Moura Brasil e Carlos Graieb comentam:

Acompanhe O Antagonista no canal do WhatsApp.
Boletins diários, conteúdos exclusivos em vídeo… e muito mais.
Link do canal:

https://whatsapp.com/channel/0029Va2SurQHLHQbI5yJN344

Apoie o jornalismo independente, torne-se um assinante do combo O Antagonista | Crusoé e fique por dentro dos principais acontecimentos da política e economia nacional:

https://hubs.li/Q02b4j8C0

Não fique desatualizado, receba as principais notícias do dia em primeira mão se inscreva na nossa newsletter diária:

https://bit.ly/newsletter-oa

Ouça O Antagonista | Crusoé quando quiser nos principais aplicativos de podcast.

Leia mais em www.oantagonista.com.br | www.crusoe.com.br
O Antagonista
https://www.youtubepp.com/watch?v=eehJcf7yOsA

FONTE ORIGINAL DO VÍDEO

O que você achou desse post?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

20 comentários em “A omissão do governo na fuga dos presos”

  1. Se toda imprensa brasileira tivesse um mínimo de imparcialidade que o Antagonista tem em enforma a população sobre os "erros" dos nossos políticos o Brasil e brasileiro não seria tão decadente.

    Responder
  2. E desque quando algum ministro da justiça trabalhou verdadeiramente nesse país? Achar que o Flávio Dino estava preocupado com a segurança do país é ser ingênuo demais. Só estava lá pra fazer palestrinha e lacrar pra vídeos na internet. Ganham 50k, 60K pra rir da cara dos brasileiros…

    Responder
  3. 1:00 Capaz dos donos da empresa no nome do laranja serem os próprios líderes de facção, contratados para fazer as reformas em presídios de segurança máxima…
    É só o que vem à cabeça pensando nessa situação de escárnio tanto com o dinheiro do pagador de impostos quanto a questão de segurança pública/nacional.

    Responder
  4. Só vagabudo, corruptos e incompetentes no desgoverno!!!!! É só falcatruas, mal feitorias, e agora esse despresidente que quer arrumar confusão e se aliar aos bandidos do mundo!!!!
    Impichment jaaaaaaa!!!!!

    Responder

Deixe um comentário

ACHADINHOS BARATOS

Esse post pertence a esse canal