A maldição do ganancioso Rei Midas



A ambição é tida como uma característica positiva na sociedade. Afinal, não existe nenhum problema em sempre almejar viver melhor do que se vive. Porém, quando essa ambição se torna ganância, ou seja, uma sede incontrolável pela busca de uma riqueza ou poder infinito, bem, é nessa hora que uma lição precisa ser ensinada. Venha com a gente conferir a história do ganancioso Rei Midas, e a sua punição divina.

Ficha Técnica:

ROTEIRISTA: Caique Branco / EDITOR DE VÍDEO: Gabriel Vilela / ILUSTRADOR (THUMBNAIL): Marco Túlio Dutra / DIRETOR DE FOTOGRAFIA / OPERADOR DE CÂMERA: Francisco (Sombra) / OPERADOR DE CÂMERA: Lucas Ruas / ASSITENTE DE CÂMERA: Carlos de Freitas / AUXILIAR TÉCNICO: Osvaldo Freitas (Tracajá) / PRODUTOR: Thales da Guarda / CAPTAÇÃO E EDIÇÃO DE ÁUDIO: Jefferson Oliveira / CHEFE DEP. YOUTUBE: Muryllo Vilela / CHEFE DE REDAÇÃO E REVISÃO: Priscilla Bernardes / PRODUTOR EXECUTIVO: Luiz Phellype Alves
Fatos Desconhecidos
https://www.youtubepp.com/watch?v=cHcuZfWHGDs

FONTE ORIGINAL DO VÍDEO

47 comentários em “A maldição do ganancioso Rei Midas”

  1. As mitologias experimentadas mil vezes nas grandes civilizações primitivas, concluiram que a mortalidade dos homens é irreversivel.
    Elas podem ter sido os (as) avós das grandes religiões.
    Nesta briga, entra a psicologia dos arquétipos de Carl Jung, onde seres imaginários ideais são criados a partir das vontades de nós mesmos, passando a existir, enquanto se vive …

    Responder
  2. Conta a história dos relógios "mido". E fala da importância e da elegância dos homens usar os relógios mido!! Como diz o caipira Barnabé: homem com "mido" é outra coisa. Kkk

    Responder
  3. História inventada só para dizer que a de Jesus foi uma cópia. Muito bem bolado, cai quem quer. Geralmente caem os iníquos, aqueles que se forçam a não acreditar para continuar com suas iniquidades para logo instantes antes da morte se "arrependerem" e se "salvarem", mal sabem que Deus perdoa mas ninguém escapa do que fez e sem pagar pelos seus pecados.

    Responder

Deixe um comentário

ACHADINHOS BARATOS

Esse post pertence a esse canal

ACABOU DE CHEGAR