10 Сasais de filmes que não conseguiram mostrar paixão, por mais que tentassem

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Hollywood presenteou os fãs com alguns romances lendários: Scarlett e Rhett, Jack e Rose, Joel e Clementine, Leeloo e Korben, e muitos outros. Porém, nem todos os atores conseguem expressar sentimentos fortes e nos fazer acreditar que seus personagens se amem do fundo do coração. Existem várias razões para tal: eles podem se odiar na vida real, não sentir atração suficiente um pelo outro, ou simplesmente, talvez não sejam grandes intérpretes.

Seja como for, a falta de “química” entre os protagonistas pode realmente estragar o filme todo. Nós, do Incrível.club, lemos as opiniões dos espectadores e críticos e reunimos os casais menos convincentes do mundo cinematográfico. Confira!

Anna e Alexei (Anna Karenina, 2012)

Os críticos observaram que Keira Knightley e Aaron Taylor-Johnson nitidamente falharam em demostrar uma atração. Sua paixão deveria queimar tudo ao seu redor, mas isso não aconteceu. O crítico Peter Howell menciona, como exemplo, a cena do baile, na qual Anna e Alexei dançam, e as pessoas ao redor ficam estáticas, sem nenhuma explicação lógica.

Alguns espectadores não ficaram de fora e deram seu veredicto severo ao casal: “Nunca vi um encontro e um amor à primeira vista com ‘brilho no olhar’ pior que esse. Como é possível olhar para Anna com tanta indiferença? Bem, até entendo, é a Knightley, mas ainda assim… E, da parte de Keira, um olhar sem nenhuma emoção… Que horror…”

Daisy e Jay (O Grande Gatsby, 2013)

O charmoso Leonardo DiCaprio e a sofisticada Carrey Mulligan, sem dúvida, ficam bem juntos. Mas no filme não tem sequer uma cena memorável do casal, que gostaríamos de rever por milhares de vezes (como foi o caso de DiCaprio e Winslet em Titanic).

Trinity e Neo (Matrix, 1999–2003)

Por mais revolucionários e filosóficos que sejam os filmes da Lana Wachowski, essa história de amor resultou um tanto fraca. Parece não haver ligação entre Reeves e Moss, e muitos fãs perceberam. Inclusive, em um fórum temático, foi aberta uma discussão sobre o assunto. Uma espectadora escreveu: “Sou a única que não viu nenhuma ’química’ entre Trinity e Neo? Fiquei surpresa quando ela disse que o amava: os personagens não confiavam um no outro e nem se comportavam como amigos.” Ao que alguns responderam: “Eles eram mais como irmãos”, “Neo parecia ter mais química com Morpheus.”

Mary Jane e Peter (Homem-Aranha, 2002–2007)

A história de amor de Peter Parker e Mary Jane é uma das mais emocionantes e belas do mundo dos quadrinhos. O casal enfrenta diversos desafios para poder ficar juntos. Porém, na trilogia, Tobey Maguire e Kirsten Dunst não conseguiram transmitir emoções profundas e complexas. Os atores formam um casal desinteressante, e pareciam mais bons amigos. A única cena comovente é quando Peter fica pendurado de cabeça para baixo e beija Mary Jane, fora disso, o casal não tem muitos momentos memoráveis.

Para alguns fãs, o filme com Andrew Garfield e Emma Stone é mais convincente quanto ao amor do casal. O par Peter e Gwen Stacy parece muito mais harmonioso. Talvez a química na tela tenha sido influenciada pelo fato de Andrew e Emma terem tido um relacionamento próximo durante as gravações.

Owen e Claire (Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, 2015)

Embora os personagens de Chris Pratt e Bryce Dallas Howard inicialmente não se dessem bem, no final, os dois se apaixonaram e se tornaram um casal. Mas os criadores do filme não conseguiram convencer o público a esse respeito. Um usuário do Reddit comentou: “O beijo deles não poderia ter sido mais constrangedor e sem graça.”

Aquaman e Mera (Aquaman, 2018)

Alguns fãs da DC ficaram descontentes com o filme. O crítico da revista Forbes citou cinco razões pelas quais ficou decepcionado. Uma delas foi a falta de sentimentos reais entre os protagonistas: “Eu queria alguma ’química’ entre Aquaman e Mera, mas mesmo o beijo subaquático (de computação gráfica) não foi convincente.” Os espectadores também comentaram que Jason Momoa e Amber Heard formam um casal monótono e vê-los juntos foi “mais entediante do que esperar a tinta secar.”

Carl e Allison (Sim Senhor, 2008)

Jim Carrey e Zooey Claire Deschanel pareciam fofos juntos, mas não o suficiente para nos fazer acreditar estarem realmente apaixonados. Como um usuário do Reddit comentou: “Quando se tratava de olhares íntimos, parecia que os dois queriam sair da sala assim que a câmera parasse de filmar.”

Katniss e Peeta (Jogos Vorazes, 2012–2015)

Apesar de serem interpretados por atores consagrados, por algum motivo esses personagens falharam em convencer o público de que estavam apaixonados. Uma jornalista expressou sua decepção em relação à dupla Pete — Katniss da seguinte forma: “Desculpe, mas não existe conexão amorosa entre os personagens principais. Katniss olha para ele mais como um cachorrinho perdido do que um potencial parceiro.”

Rony e Hermione (Harry Potter e as Relíquias da Morte, 2010)

Um usuário do Reddit fez uma pergunta bastante razoável que interessava a muitos fãs dessa história mágica: “Será que sou o único a sentir haver mais ’química’ na dança de Harry e Hermione do que em todas as cenas de Hermione e Ron?” Na verdade, Rupert Grint se saiu melhor interpretando sentimentos por Lilá Brown do que pela Srta. Granger.

Daenerys e Jon (Game of Thrones, 2011–2019)

Um dos fãs de Game of Thrones decidiu mostrar o quão entediante foi acompanhar o casal Jon Snow e Daenerys nas temporadas finais, e até escreveu um post sobre o assunto. Ele sugeriu comparar o relacionamento de Snow e a Mãe dos Dragões com a paixão ardente entre Ygritte e Jon.

É claro que um dos fatores importantes na atuação dos atores foi o fato de Keith Harington (Jon Snow) e Rose Leslie (a selvagem Ygritte) realmente se apaixonarem no set. Os espectadores escreveram: “É difícil superar a ’química’ entre Harington e Leslie, especialmente quando sabemos que ela era real.” Em relação à Emilia Clarke, o ator sentia um amor fraternal por ela. Quando ensaiaram o primeiro beijo de Jon e Daenerys, ele até fez uma careta (de brincadeira): foi extremamente constrangedor beijar uma velha amiga.

Qual casal sem “química” você adicionaria a essa lista?

FONTE ORIGINAL

Veja esses também

Nenhum comentário ainda, adicionar a sua voz abaixo!


Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *